Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11176
Tipo do documento: Artigo
Título: Qualidade física e bacteriológica de ovos opacos de codornas sanitizados, refrigerados e contaminados experimentalmente por salmonella enterica ser. Typhimurium
Título(s) alternativo(s): Physical and microbiological quality of opaque, sanitized, and chilled quail eggs experimentally contaminated with salmonella enteric ser. Typhimurium
Autor: Lacerda, Maria Juliana Ribeiro
Leandro, Nadja Susana Mogyca
Andrade, Maria Auxiliadora
Alcântara, Juliana Bonifácio
Stringhini, Maria Luiza Ferreira
Café, Marcos Barcellos
Resumo: Objetivou-se estudar a qualidade física, química e microbiológica de ovos de codornas contaminados artificialmente com Salmonella enterica ser. Typhimurium, sanitizados e armazenados a diferentes temperaturas (5 e 25 ºC), durante 27 dias. Foram utilizados 768 ovos com cascas opacas e peso médio de 11g. O delineamento foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x2x2 (contaminação x sanitização x refrigeração) com seis repetições e um ovo por parcela. Os ovos foram contaminados pelo manuseio com 1,5 x 105 unidade formadoras de colônias (UFCs) e, de acordo com os tratamentos, foram sanitizados com solução com 5 ppm de Cl. Os dados foram submetidos à análise de variância e teste t. A contaminação bacteriana prejudicou o peso do ovo, uH, índice de gema e de albume e pH de gema e de albume, a partir de 18 dias de armazenamento. O tempo de estocagem dos ovos e a temperatura de armazenamento influenciaram a qualidade interna dos ovos de codornas em todas as variáveis estudadas. A pior qualidade interna foi observada em ovos armazenados na temperatura de 25 ºC. A sanitização e a refrigeração reduziram o crescimento da Salmonella nos ovos contaminados. Ovos com casca opaca, quando não refrigerados, devem ser consumidos em até 18 dias após a postura.
Abstract: The objective of this study was to verify the physical, chemical and microbiological quality of Japanese quail eggs artificially contaminated with Salmonella enterica ser. Typhimurium. The eggs were sanitized and stored at different temperatures (between 5 and 25 ºC) for 27 days. We used 768 eggs with opaque shells, typical pigments of the species, and average weight of 11 g. The experimental design was completely randomized in a 2x2x2 factorial arrangement (contamination x sanitation x cooling) with six replications and one egg per experimental unit. The eggs were contaminated by handling with 1.5 x 105 colony forming unit (CFU) of Salmonella. Typhimurium / mL and sanitized according to the treatments with a 5 ppm Cl solution. The data were subjected to analysis of variance and t test. Bacterial contamination has damaged the egg weight, Haugh unit, yolk index and albumen, and pH of yolk and albumen, from 18 days of storage. The egg storage time and storage temperature affected the internal quality of quail eggs in all variables. The worst internal quality was observed in eggs stored at 25 ºC. The sanitation and cooling reduced the growth of Salmonella in contaminated eggs. Eggs in opaque shell, when not refrigerated, should be consumed within 18 days after laying.
Palavras-chave: Casca opaca
Estocagem
Ovos de codornas
Salmonella enterica ser. Typhimurium
Sanitização
Opaque shell
Quail eggs
Salmonella Typhimurium
Sanitization
Storage
País: brasil
Instituição: Jose Henrique Stringhini
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: LACERDA, Maria Juliana Ribeiro; LEANDRO, Nadja Susana Mogyca; ANDRADE, Maria Auxiliadora; ALCÂNTARA, Juliana Bonifácio; STRINGHINI, Maria Luiza Ferreira; CAFÉ, Marcos Barcellos. Qualidade física e bacteriológica de ovos opacos de codornas sanitizados, refrigerados e contaminados experimentalmente por salmonella enterica ser. Typhimurium. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 11-25, jan./mar. 2016. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/index.php?journal=vet&page=article&op=view&path%5B%5D=18546&path%5B%5D=20176>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1089-6891v17i118546
Identificador do documento: 10.1590/1089-6891v17i118546
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11176
Data de publicação: 25-Nov-2015
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo- Maria Auxiliadora Andrade - 2016.pdfArtigo- Maria Auxiliadora Andrade - 2016.1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.