Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13803
Tipo do documento: Artigo
Título: A fauna de mamíferos e o plano de manejo do Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto, Minas Gerais
Autor: Melo, Fabiano Rodrigues de
Oliveira, Áquila Fialho
Souza, Sara Machado
Ferraz, Daniel da Silva
Resumo: A maioria dos parques é eficiente quanto à missão que lhes cabe, em maior escala por impedir o desmatamento e em menor por minimizar os efeitos antrópicos. A eficiência dessa proteção só é efetivamente exercida pela Unidade de Conservação (UC), de um modo geral, se a mesma possui um planejamento e o mesmo, por sua vez, seja precedido de estudos dos diversos instrumentos (legais e técnicos) que orientam a sua gestão, cujo objetivo mais importante é o seu Plano de Manejo. Neste estudo, apresentamos os dados referentes ao levantamento da mastofauna na região do Parque, como parte do processo de elaboração de seu Plano de Manejo. Para este levantamento, realizamos uma avaliação ecológica rápida, concentrada em 10 dias de campo. Métodos padrões foram utilizados, incluindo a captura de espécies de pequeno porte e censo e playback para espécies médio e grande portes e de primatas. Obtivemos um total de 49 capturas de roedores e marsupiais, que compreenderam 14 morfoespécies. O esforço amostral para o número total de armadilhas foi 1.183/noite e o sucesso de captura foi de 4,06%, considerado satisfatório para o período amostrado. Entre censos e caminhadas, registramos 06 espécies de mamíferos de médio e grande portes confirmados através de visualização, pertencentes a 05 famílias e 04 ordens e os demais registros foram advindos de entrevistas e pegadas, o que totalizou 29 espécies pertencentes a 17 famílias e 07 ordens, sendo 09 espécies em alguma categoria de ameaça de extinção. Os carnívoros em especial e o grupo de pequenos mamíferos, incluindo Chiroptera, não abordado neste trabalho. devem ter estudos expandidos. A avaliação ecológica rápida atende aos objetivos iniciais do plano de manejo, entretanto para um manejo efetivo, definindo ações para os mamíferos do local é necessário que sejam feitos estudos complementares, especialmente para as espécies ameaçadas de extinção. Os estudos devem ter maior período de tempo e, necessariamente, devem contar com técnicas mais específicas, como armadilhamento fotográfico. A equipe técnica do Parque também deve incentivar a realização de trabalhos que inclua ações educativas, envolvendo espécies ameaçadas de extinção. Sem dúvida alguma, o Parque Estadual do Itacolomi é uma área prioritária para a conservação da mastofauna mineira e o manejo da UC deve contemplar ações diretas e indiretas que vislumbrem a proteção dessas espécies, em particular àquelas ameaçadas, raras ou endêmicas.
Abstract: Most parks are quite efficient in their mission, in large scale for preventing deforestation and in smaller scale for minimizing other anthropogenic effects. The efficiency of this protection is actually exercised by the Conservation Unit (UC), in general, if it has a plan and that in turn is preceded by a study of various instruments (legal and technical) that guide its management, the most important tool is the Management Plan. In this study we present data from the mammal survey in the park region. For this survey we conducted a rapid ecological assessment concentrated in a 10 days of field work, with all faunal and floristic groups along with researchers from other areas such as physical environment and socio-economic, this strategy has been applied for a more efficient data collection. Here we present data only from mammal survey. For this study pattern methodology was used, including capturing smaller species and playback census for medium and large size mammals and primates. We obtained a total of 49 captures of rodents and marsupials, which comprehend 14 morphospecies. The sampling effort for the total number of traps was 1.183/night and the success of capture was 4.06%, considered satisfactory for the period sampled. Between census and walks we registered 06 species of mammal of medium size confirmed by visualization, belonging to 05 families and 04 orders and other records were derived from interviews and footprints, which comprised 29 species belonging to 17 families and 07 orders, with 09 species in some category of threat of extinction. Carnivores and smaller mammals groups (including Chiroptera that were not addressed in this work) must have more extensive research. The studies should have greater period of time and, necessarily, must rely on more specific techniques such as photographic traps. The technical team of the Park should also encourage more work on educational activities, involving endangered species. Without a doubt, the Itacolomi State Park is a priority area for conservation of the mammals of Minas Gerais and the management of UC should provide direct and indirect actions to see the protection of these species, especially those threatened, rare or endemic.
Palavras-chave: Mamíferos
Plano de manejo
Inventário de fauna
Unidade de conservação
Fauna ameaçada
Mammals
Management wildlife
Animal inventory
Conservation unit
Endangered species
País: Brasil
Unidade acadêmica: Regional Jataí (RJ)
Citação: MELO, Fabiano Rodrigues de; OLIVEIRA, Áquila Fialho; SOUZA, Sara Machado de; FERRAZ, Daniel da Silva. A fauna de mamíferos e o plano de manejo do Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto, Minas Gerais. MG Biota, Belo Horizonte, v. 1, n. 6, p. 18-41, mar. 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13803
Data de publicação: Mar-2009
Aparece nas coleções:RJ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fabiano Rodrigues Melo - 2009.pdf3 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons