Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13819
Tipo do documento: Artigo
Título: Densidade, tamanho populacional e abundância dos primatas em um fragmento de floresta Atlântica em Minas Gerais, Brasil
Título(s) alternativo(s): Density, population size, and abundance of primate populations in an Atlantic forest fragment in Minas Gerais, Brazil
Autor: Santana, Belmira Evânia Mendes Marques
Prado, Maressa Rocha do
Lessa, Gisele
Rocha, Ednaldo Cândido
Melo, Fabiano Rodrigues de
Resumo: A diversidade de primatas neotropicais está representada por 128 espécies, e no Brasil 26 estão em categorias de ameaça de extinção e 24 são endêmicas. Desses primatas ameaçados, 15 espécies ocorrem na Floresta Atlântica. A Mata do Paraíso, maior fragmento desse bioma em Viçosa, MG, possui área de 384,5 ha, cuja fauna de primatas está representada por Callicebus nigrifrons (Spix, 1823) e Callithrix sp. Este estudo objetivou estimar a densidade e tamanho populacional, bem como determinar a abundância dos primatas na Mata do Paraíso. Para estimar a densidade e tamanho populacional, foram percorridos cinco transectos lineares de 1 km cada, dispostos paralelamente no interior da mata, seguindo-se as premissas da metodologia Distance para transectos lineares. Os dados foram coletados de agosto de 2004 a fevereiro de 2006, durante 70 levantamentos, totalizando 82,7 km percorridos e 12 avistamentos para cada espécie dos referidos primatas. Adicionalmente, para determinar a abundância das espécies, consideraram-se visualizações obtidas em trilhas acessórias. Obtevese uma densidade de 4,51 (IC = 2,40 - 8,48) grupos/km2 para C. nigrifrons e de 7,45 (IC = 3,82 - 14,54) grupos/km2 para Callithrix sp. A abundância de C. nigrifrons correspondeu a 1,43 indivíduo/10 km percorridos e a de Callithrix sp., 1,17 indivíduo/10 km percorridos. O tamanho populacional estimado para C. nigrifrons foi de 28 indivíduos e para Callithrix sp., de 86. Por fim, esses resultados corroboram a necessidade de novas pesquisas, objetivando detectar flutuações populacionais ao longo do tempo, com o intuito de preservar e manejar essas espécies.
Abstract: The diversity of neo-tropical primates is represented by 128 species, with 26 threatened species, 24 of which are endemic of Brazil. Of these threatened primates, 15 species occur in the Atlantic Forest, indicating an alarming state of conservation due to anthropogenic factors. Mata do Paraíso, the largest fragment of this biome in Viçosa, Minas Gerais, comprises an area of 384.5 ha, whose primate population is represented by Callicebus nigrifrons (Spix, 1823), known by titi monkey, and Callithrix sp., denominated marmosets. The present study aimed at estimating the density and population size of these species, as well as at determining their abundance in the area. Five linear 1 km transects, placed in a parallel fashion in a representative portion of the forest, were covered by following the premises of the methodology Distance for linear transects. The data were collected from August 2004 to February 2006, with 70 samplings, totaling 82.7km being sampled, with 24 primate detections. A density of 4.51groups/km2 for Callicebus nigrifrons and 7.45groups/km2 for Callithrix sp was obtained. Callicebus nigrifrons’ abundance corresponded to 1.43 individuals/10 km sampled, and the abundance of Callithrix sp. corresponded to 1.17 individuals/10 km sampled. The population size of Callicebus nigrifrons was estimated in 28 individuals and for Callithrix sp., in 86 individuals. This result corroborates the need for further research to detect fluctuations along time, aiming to preserve and manage these species.
Palavras-chave: Primatas
Densidade e tamanho populacional
Primates
Density and population size
País: Brasil
Unidade acadêmica: Regional Jataí (RJ)
Citação: SANTANA, Belmira Evânia Mendes Marques; PRADO, Maressa Rocha do; LESSA, Gisele; ROCHA, Ednaldo Cândido; MELO, Fabiano Rodrigues de. Densidade, tamanho populacional e abundância dos primatas em um fragmento de floresta Atlântica em Minas Gerais, Brasil. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 32, n. 6, p. 1109-1117, dez. 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13819
Data de publicação: Dez-2008
Aparece nas coleções:RJ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Belmira Evânia Mendes Marques Santana - 2008.pdf261,54 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons