Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16030
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLucena, Andréa Freire-
dc.creatorSilva, Helder Paulo Machado-
dc.date.accessioned2018-09-25T12:25:25Z-
dc.date.available2018-09-25T12:25:25Z-
dc.date.issued2011-
dc.identifier.citationLUCENA, Andréa Freire; SILVA, Helder Paulo Machado. Cooperação e poder: a organização de cooperação de Shangai como expressão da política externa chinesa para a Ásia Central. Opsis, Catalão, v. 11, n. 2, p. 75-96, jul./dez. 2011. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/Opsis/article/view/14901/10503#.W6lIWXtKgdU>.pt_BR
dc.identifier.issne- 2177-5648-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16030-
dc.description.abstractAt the beginning of the twenty-first century, Kazakhstan, China, Kyrgyzstan, Russia, Tajikistan and Uzbekistan established the Shanghai Cooperation Organization. This international organization represents the first Chinese initiative in building an international security organization. This article aims to study the Chinese Foreign Policy for Central Asia from the perspective of the Shanghai Cooperation Organization. We seek to answer how this international organization enables the Chinese state to achieve its interests in Central Asia.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherLilian Marta Grisoliopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectOrganização de cooperação de Shangaipt_BR
dc.subjectPolítica externapt_BR
dc.subjectChinapt_BR
dc.subjectÁsia Centralpt_BR
dc.subjectPoderpt_BR
dc.subjectShanghai cooperation organizationpt_BR
dc.subjectForeign policypt_BR
dc.subjectCentral Asiapt_BR
dc.subjectPowerpt_BR
dc.titleCooperação e poder: a organização de cooperação de Shangai como expressão da política externa chinesa para a Ásia Centralpt_BR
dc.title.alternativeCooperation and power: the Shanghai cooperation organization as an expression of chinese foreign policy towards Central Asiapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoNo início do século XXI, Cazaquistão, China, Quirguistão, Rússia, Tajiquistão e Uzbequistão criaram a Organização de Cooperação de Shangai. A proeminência dessa organização internacional está no fato de ela representar a primeira iniciativa chinesa na construção de um organismo internacional de segurança. O presente artigo tem por objetivo estudar a Política Externa Chinesa para a Ásia Central sob a ótica da Organização de Cooperação de Shangai. Como problemática, busca- se responder de que maneira essa organização internacional possibilita ao Estado chinês atingir seus interesses na região centro asiática.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/o.v11i2.14901-
dc.publisher.departmentRegional Catalão (RC)pt_BR
Aparece nas coleções:RC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Andréa Freire Lucena - 2011.pdf214 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons