Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16297
Tipo do documento: Artigo
Título: Culturas formativas, na UFG - campus catalão: a “excelência” e a “redenção social
Título(s) alternativo(s): Formative cultures, at UFG/CAC: the “excellence” and the “social redemption”
Autor: Silva, Sérgio Pereira da
Resumo: Este artigo analisa duas culturas formativas hegemônicas (para a excelência ou para redenção social), nas práticas de ensino da formação de professores na UFG-Campus Catalão. O autor apresenta o fenômeno cultural do “ressentimento”, caracterizado por Nietzsche na Genealogia da Moral e em outras obras nas quais ele também se utiliza do conceito de “crueldade”. O primeiro, para criticar a cultura formativa da facilitação e da comiseração; o segundo, para recuperar os valores do rigor, persistência e seriedade no estudo e no ensino, que foram satanizados por um paradigma pedagógico que o autor chama de “Pedagogia do Ressentimento”. À guisa de sustentação empírica, o texto traz uma análise, inspirada em informações de algumas pesquisas de campo sobre a “minimização do rigor na pesquisa e no ensino” nesta região. Além de Nietzsche, o autor dialoga com comentaristas desse filósofo, como Marton, Chamberlain e Safranski.
Abstract: This article analyses two hegemonic formative cultures that are present in the teaching practices and in the teacher’s formation at Universidade de Goiás - CAC. The author presents the cultural phenomenon of "resentment" characterized by Nietzsche in Genealogy of Moral and other works, where he emphasizes the concepts: "Resentment" and "cruelty". The first concept is used to criticize the “pedagogical” culture of commiseration or the“formative culture of facilitation”; the second concept is used to to recover the value of “accuracy” and “systematization” in the act of studying and teaching, act that have been depreciated (in the sense of values reversed) by an educational paradigm that the author calls “Pedagogy of Resentment”. In order to suply an empirical support, the text presents an analysis, inspired by data of some field researches on "minimizing strictness in research and teaching" in this region. In addition to Nietzsche, the author establishes a dialog with commentators such as Marton, Chamberlain and Safranski.
Palavras-chave: Nietzsche
Culturas formativas
Ressentimento
Redenção
Excelência
Formative cultures
Resentment
Redemption
Excellence
País: Brasil
Instituição: Maria José dos Santos
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Regional de Catalão (RC)
Citação: SILVA, Sérgio Pereira da. Culturas formativas, na UFG - campus catalão: a “excelência” e a “redenção social. Poiésis Pedagógica, Catalão, v. 9, n. 1, p. 55-72, jan./jun. 2011. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/15670>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/rpp.v9i1.15670
Identificador do documento: 10.5216/rpp.v9i1.15670
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16297
Data de publicação: Jun-2011
Aparece nas coleções:RC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sérgio Pereira da Silva - 2011.pdf151,31 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons