Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16412
Tipo do documento: Artigo
Título: Narrativas autobiográficas e os sentidos sobre escola, docência e formação
Autor: Araújo, Juliana Pereira de
Resumo: A escola, a docência e a formação são partes constituintes do universo profissional dos professores. Esses elementos são dotados de múltiplos sentidos, os quais não são produzidos apenas na formação inicial ou na prática profissional, mas desde a infância, quando do início da escolarização na condição de aluno. Incessantemente, atribui-se sentido às experiências ou àquilo que se passou (BONDÍA, 2002). Esses sentidos, muitas vezes, são utilizados para guiar a tomada de decisão dos professores iniciantes e, quiçá, dos experientes, porque são estabelecidos enquanto esteio para estratégias, crenças e posturas em sala de aula. Quando não revisitados à luz da Pedagogia, que é a ciência da educação, e compreendidos em uma dimensão profissional, os sentidos podem dificultar a adoção de uma base de conhecimentos profissional, quando, na verdade, deveriam ser pós-reflexão, mobilizados, adaptados ou substituídos. Considerando essa relação sentidos-saberes-práticas, tem-se desenvolvido atividades baseadas no uso de narrativas autobiográficas com as alunas do primeiro semestre do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Goiás - Regional Catalão. O intuito é de que essas futuras professoras revisitem episódios significativos que evidenciam o modo como pensam a escola, a docência e a formação, e assim atribuam novos sentidos a esses ecos memorialísticos. Percebe-se que essa ação abre novos caminhos para auxiliar na formação de professores mais hábeis na composição da docência como ofício, que atuam em sintonia com a própria subjetividade e também com a do outro, enriquecendo um referencial concreto no campo da educação. Neste artigo, socializa-se esta empreitada no sentido do registro e da busca do diálogo.
Abstract: The school, teaching and formation are constituent parts of professional teachers universe. These elements are dotted with multiple meanings, which are not produced only in initial training or professional practice, but since childhood, when the start of schooling in the student condition. Incessantly, assign meaning to experiences or to what happened (BONDÍA, 2002). These senses are often used to guide the decision making of beginning teachers and, perhaps, the experienced, because they are established as a mainstay for strategies, beliefs and stances in the classroom. When not revisited in the light of Pedagogy, that is the science of education, and understood in a professional dimension, the senses can difficult the adoption of a basic professional knowledge, when, in fact, should be post-reflection, mobilized, upgraded or replaced. Considering this relation sense-knowledge-practical, it has developed activities based on the use of autobiographical narratives with the students of the first semester of the Pedagogy Course of the Federal University of Goiás - Regional Catalão. The intention is that these future teachers revisit significant episodes that evidence the way how think the school, teaching and training, and thus assign new meanings to these memoirs echoes. It is perceived that this action opens new avenues to help in the training of more skilled teachers in teaching composition as a profession, working in harmony with his own subjectivity and also with the other, enriching a specific reference in the field of education. In this article is socialized this endeavor in the direction of registry and in the search for dialog.
La escuela, la enseñanza y la formación son elementos constitutivos del universo profesional de los docentes. Estos elementos están dotados de múltiples significados, que no se producen sólo en la formación inicial o en la práctica profesional, pero desde la infancia, cuando el comienzo de la escuela en la condición de estudiante. Incesantemente, atribuir un significado a las experiencias o para lo que pasó (Bondia, 2002). Estos sentidos se usan a menudo para guiar la toma de decisiones de los profesores principiantes y, tal vez, de los con experiencia, ya que se establecen como uno de los pilares de las estrategias, creencias y actitudes en el aula. Cuando no revisados a la luz de Pedagogía, que es la ciencia de la educación, y comprendidos en una dimensión profesional, los sentidos pueden obstaculizar la adopción de una base de conocimiento profesional , cuando, de hecho, debe ser posterior a la reflexión, desplegado, actualizado o reemplazado. Teniendo en cuenta esta relación sentido-conocimiento-práctica, ha desarrollado actividades basadas en el uso de narrativas autobiográficas con estudiantes del primer semestre del curso de Pedagogía de la Universidad Federal de Goiás - Regional Catalão. La intención es que esas futuras maestras vuelven a visitar episodios significativos que muestran la manera de pensar la escuela, la enseñanza y la formación, y así asignan nuevos significados a estos ecos de la memoria. Se dio cuenta de que esta acción abre nuevas vías para ayudar en la formación de maestros más hábiles en la composición de la enseñanza como profesión, trabajando en armonía con su propia subjetividad y también con el otro, enriqueciendo una referencia específica en el campo de la educación. En este artículo se socializa este esfuerzo hacia el registro y búsqueda del diálogo.
Palavras-chave: Narrativas autobiográficas
Formação de professores
Autobiographical narratives
Teacher formation
Narrativas autobiográficas
Formación del profesorado
País: Brasil
Instituição: Wolney Honório Filho
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Regional de Catalão (RC)
Citação: ARAÚJO, Juliana Pereira de. Narrativas autobiográficas e os sentidos sobre escola, docência e formação. Poiésis Pedagógica, Catalão, v. 14, n. 1, p. 116-130, jan./jun. 2016. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/view/45109/22347>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/rpp.v14i1.45109
Identificador do documento: 10.5216/rpp.v14i1.45109
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16412
Data de publicação: Jun-2016
Aparece nas coleções:RC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Juliana Pereira de Araújo - 2016.pdf204,65 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons