Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16610
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMartins, Raimundo-
dc.creatorSérvio, Pablo Passos-
dc.date.accessioned2018-12-21T13:34:00Z-
dc.date.available2018-12-21T13:34:00Z-
dc.date.issued2012-06-
dc.identifier.citationMARTINS, Raimundo; SÉRVIO, Pablo Passos. Polêmicas e indagações acerca de classificações da cultura: alta, baixa, folk, massa. Visualidades, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 1297-149, jun./dez. 2012. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/23088/13634>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1679-6748-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16610-
dc.description.abstractBased on Cultural Studies and Visual Cultural Education’s perspectives, this article discusses the relations between “folk culture” and “high culture” delineating a synthetic overview of these concepts. Taking the notion of authenticity as premise which defines manifestations of high culture arrays, the article examines arguments that oppose the idea of “mass culture” or, “low culture” explaining how they belittle the notion “popular urban” while privileging intellectualized self-expression in accordance to references legitimated by critics and authors specialized in restricted repertoires of art history.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherRosana Horio Monteiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectClassificações de culturapt_BR
dc.subjectPoderpt_BR
dc.subjectImagenspt_BR
dc.subjectClassifications of culturept_BR
dc.subjectPowerpt_BR
dc.subjectImagespt_BR
dc.titlePolêmicas e indagações acerca de classificações da cultura: alta, baixa, folk, massapt_BR
dc.title.alternativePolemics and questions concerning culture classifications: high, low, folk, masspt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoFundamentado nas perspectivas dos Estudos Culturais e da Educação da Cultura Visual este artigo se propõe a discutir as relações entre “cultura folk” e “alta cultura” traçando uma trajetória síntese desses conceitos. Utilizando a noção de ‘autenticidade’ como premissa que define as manifestações de matrizes da alta cultura, o texto examina argumentos que se contrapõem à ideia de “cultura de massa” ou, “baixa cultura”, explicitando o modo como elas depreciam a noção de “popular urbano” ao mesmo tempo em que privilegiam uma auto expressão intelectualizada baseada em referências legitimadas por críticos e autores especializados em repertórios restritos à história da arte.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi5216/vis.v10i1.23088-
dc.publisher.departmentFaculdade de Artes Visuais - (FAV)pt_BR
Aparece nas coleções:FAV - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Raimundo Martins - 2012.pdf415,17 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons