Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17009
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorVenturoli, Fábio-
dc.creatorFagg, Christopher William-
dc.creatorFagg, Jeanine Maria Felfili-
dc.date.accessioned2019-02-08T11:08:47Z-
dc.date.available2019-02-08T11:08:47Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationVENTUROLI, Fábio; FAGG, Christopher William; FAGG, Jeanine Maria Felfili. Crescimento de uma floresta estacional semidecídua secundária sob manejo em relação a fatores ambientais, em Pirenópolis, Goiás. Revista de Biologia Neotropical, Goiânia, v. 7, n. 2, p. 1-11, jul./dez. 2010. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/RBN/article/view/13857/8844>.pt_BR
dc.identifier.issn1807- 9652-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17009-
dc.description.abstractIn this study, we evaluated the growth of tree species in a seasonal semideciduous secondary forest in Pirenópolis, Goiás, Brazil, and its relationship with environmental factors using the Canonical Correspondence Analysis (CCA). We used a randomized block design with four silvicultural treatments. After four years, we evaluated the diameter increment of the species according to the slope and canopy openness in each treatment. The results showed that the diameter of the trees species studied increased differently depending on the silvicultural treatments and, in general, the treatments stimulated the diameter growth of the species, not rejecting the hypothesis tested. A great part of the species had higher diameter increment associated with lower shading, corresponding to the plots that underwent silvicultural treatments. We suggest further studies on the different populations separately, so that the technical management of seasonal forests can be improved and spread as a strategy to conserve these highly endangered environments, which are very important in the national timber market due to the presence of many species with high-value timber that have been explored intensively in natural environments.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherVera Lúcia Gomes Kleinpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAbertura no dosselpt_BR
dc.subjectAnálise de correspondência canônicapt_BR
dc.subjectIntervenções silviculturaispt_BR
dc.subjectManejo florestalpt_BR
dc.subjectSombreamentopt_BR
dc.subjectCanopy opennesspt_BR
dc.subjectCanonical Correspondence Analysispt_BR
dc.subjectSilvicultural treatmentspt_BR
dc.subjectForest managementpt_BR
dc.subjectShadingpt_BR
dc.titleCrescimento de uma floresta estacional semidecídua secundária sob manejo em relação a fatores ambientais, em Pirenópolis, Goiáspt_BR
dc.title.alternativeGrowth of a seasonal semideciduous secondary forest under management in relation to environmental factors, in Pirenópolis, Goiás, Brazilpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoNeste estudo, avaliou-se o crescimento de espécies arbóreas em uma floresta estacional semidecídua secundária em Pirenópolis, Goiás, relacionando-o a fatores ambientais das parcelas por Análise de Correspondência Canônica (ACC). O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro tratamentos silviculturais de liberação da competição para árvores selecionadas como desejáveis nas parcelas. Após quatro anos da aplicação dos tratamentos, avaliaram-se os incrementos diamétricos das espécies em relação à declividade do terreno e às intensidades das intervenções silviculturais, em função da abertura do dossel em cada tratamento. Os resultados demonstraram que as espécies responderam diferentemente aos tratamentos silviculturais e que, de maneira geral, os tratamentos foram suficientes para estimular o crescimento diamétrico das espécies, não rejeitando a hipótese testada. Grande parte das espécies apresentou maiores incrementos diamétricos associados a menor sombreamento, correspondendo às parcelas que sofreram intervenções silviculturais. Sugerimos a continuidade dos estudos para as diferentes populações separadamente, a fim de aperfeiçoar as técnicas de manejo de florestas estacionais e difundi-las como estratégia de conservação desses ambientes altamente ameaçados de extinção, os quais são muito importantes no mercado madeireiro nacional em decorrência da presença de muitas espécies com alto valor madeireiro que foram e continuam sendo exploradas intensivamente.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/rbn.v7i2.13857-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicas - (ICB)pt_BR
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fábio Venturoli - 2010.pdf1,08 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons