Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17196
Tipo do documento: Artigo
Título: A filosofia, criação de conceitos e a educação na sociedade capitalista
Autor: Oliveira, José Sílvio de
Lima, Náfren Ferreira
Resumo: Este artigo propõe expor algumas idéias que possam contribuir com debate, com as análises da necessidade da criação de conceitos, sobretudo no mundo educacional, em que grande parte, os conceitos muitas vezes tem um sentido vulgarizado e efêmero quando se trata da sociedade capitalista. Para expor as idéias, partiremos de uma reflexão investigativa filosófica, levantando questionamentos acerca do sentido da filosofia no mundo contemporâneo, em que pela forte ideologia dominante capitalista, o conceito acaba servindo para determinantes econômicos, uma vez que esquecemos de aprofundar cada conceito, eis então a tarefa da filosofia, fugir da aparência e buscar a essência dos pensamentos, dos conceitos. Por meio da pesquisa bibliográfica pautada em Deleuze, Guatarri (2004), Granger, 1989, Chatelêt (1995), Bolda, (1994) (Horkheimer, 2000), Oliveira (2004), buscou-se problematizar e compreender o que é conceito, e sua finalidade filosófica. Num primeiro momento analisaremos o conceito de filosofia, partindo da história da filosofia, sua origem, os horizontes da reflexão: antigo, médio e moderno. Posteriormente iremos refletir a noção de conceito a partir de uma reflexão entre filosofia e educação. Finalizaremos a reflexão pensando alguns determinantes históricos, apontando para as tendências atuais do sentido da filosofia.
Abstract: The aim of this paper is to expose some ideas which, under discussion, might contribute to the analysis of the need to create concepts, especially in the academic world, where concepts have often had a vulgarized and ephemeral meaning concerning a capitalist society. To expose the ideas, we will start from a philosophical investigative reflection, raising some issues regarding the meaning of philosophy in the contemporaneous world in which, due to the strong capitalist dominant ideology, concept ends up being used for economical determiners, as we forget to deepen each one of them. Here lies the task of philosophy: to escape from appearance and search for the essence of thoughts, of concepts. Through the bibliographical research based on Deleuze e Guattari (2004) (Granger,1989), Chatelêt (1995), (Bolda, 2004)(Horkheimer, 2000) and, (Oliveira, 2004) we tried to problematise and understand what a concept is, as well as its historical purpose. Initially, we will analyze the concept of philosophy, based on the history of philosophy, its origin, the horizons of reflection: old, middle and modern. Later, we will reflect upon the notion of concept under the perspective of a reflection on philosophy and education. Finally, we will think about some historical determiners, pointing to the current trends of the meaning of philosophy.
Palavras-chave: Filosofia
Conceito e educação
Philosophy
Concept and education
País: Brasil
Instituição: José Sílvio Oliveira
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Regional Jataí (RJ)
Citação: OLIVEIRA, José Sílvio de; LIMA, Náfren Ferreira. A filosofia, criação de conceitos e a educação na sociedade capitalista. Itinerarius Reflectionis, Jataí, v. 2, n. 5, jul./dez. 2008. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/20420/19178>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/rir.v2i5.508
Identificador do documento: 10.5216/rir.v2i5.508
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17196
Data de publicação: Dez-2008
Aparece nas coleções:RJ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - José Sílvio de Oliveira - 2008.pdf110,51 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons