Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17301
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAmaral, Graziele Alves-
dc.date.accessioned2019-03-29T15:10:35Z-
dc.date.available2019-03-29T15:10:35Z-
dc.date.issued2012-12-
dc.identifier.citationAMARAL, Graziele Alves. Os desafios da inserção da mulher no mercado de trabalho. Itinerarius Reflectionis, Jataí, v. 2, n. 13, 2012. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/22336/19243>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1807-9342-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17301-
dc.description.abstractThe new moment of capitalism, known as the Third Industrial Revolution is characterized by major changes of an economic, social, political and technological consequences of which have had significant impacts in the workplace, among which the instability of employment, requiring professional the constant search for the guarantee of their own employability in an increasingly competitive market. This scenario paved the way for greater participation of women in the labor market, not only by the need to supplement family income and new opportunities arising, but also by the breaking of the behavioral patterns that brought these changes. Today, the significant presence of women in positions and roles increasingly diverse shows that they have expanded their space in the public sphere of production, yet its former status discrimination was only attenuated, since the conditions of women entering the market are still lower compared to men. Moreover, even emancipated professionally, the woman has been often challenged with respect to the performance of roles related to gender issues, implying remain primarily responsible for the functions of the home.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherJosé Sílvio Oliveirapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMulherpt_BR
dc.subjectTrabalhopt_BR
dc.subjectGêneropt_BR
dc.subjectWomanpt_BR
dc.subjectWorkpt_BR
dc.subjectGenderpt_BR
dc.titleOs desafios da inserção da mulher no mercado de trabalhopt_BR
dc.title.alternativeThe challenges of integration of women in the labour marketpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO novo momento do capitalismo, conhecido como Terceira Revolução Industrial caracteriza-se por grandes transformações de natureza econômica, social, política e tecnológica, cujas consequências têm tido relevantes impactos no mundo do trabalho, dentre as quais a instabilidade do emprego, exigindo do profissional a constante busca pela garantia da própria empregabilidade, em um mercado cada vez mais competitivo. Esse cenário abriu espaço para a maior participação da mulher no mercado de trabalho, não só pela necessidade de complementação da renda familiar e pelas novas oportunidades surgidas, mas também pela quebra dos padrões comportamentais que essas mudanças trouxeram. Hoje, a presença expressiva de mulheres em cargos e funções cada vez mais diversificados mostra que elas vêm ampliando seu espaço no âmbito público de produção; contudo, sua antiga situação de discriminação foi apenas atenuada, uma vez que as condições de inserção da mulher no mercado ainda são inferiores em relação às dos homens. Além disso, mesmo emancipada profissionalmente, a mulher tem sido, muitas vezes, desafiada no que diz respeito ao desempenho de papéis ligados a questões de gênero, o que implica continuar sendo a principal responsável pelas funções do lar.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/rir.v2i13.22336-
dc.publisher.departmentRegional Jataí (RJ)pt_BR
Aparece nas coleções:RJ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Graziele Alves Amaral - 2012.pdf395,38 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons