Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17470
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLino, Victor Paulo Archanjo de Paiva Tocantins-
dc.creatorCasari, Priscila-
dc.date.accessioned2019-04-26T13:12:22Z-
dc.date.available2019-04-26T13:12:22Z-
dc.date.issued2016-12-
dc.identifier.citationLINO, Victor Paulo Archanjo de Paiva Tocantins; CASARI, Priscila. Evolução da inserção do migrante e do não migrante no mercado de trabalho da região centro-oeste entre 2000 e 2010. Revista de Economia do Centro-Oeste, Goiânia, v. 2, n. 2, p. 73-88, jul./dez. 2016. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/reoeste/article/view/44223/22200.pt_BR
dc.identifier.issne- 2447-231x-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17470-
dc.description.abstractThe aim of this study is to analyze the evolution of the insertion of migrants and non-migrants in the labor market of the Central West region between 2000 and 2010. Based on data from the Demographic Census, we present descriptive statistics and use the Heckman procedure to explain the impact of being a migrant on employment and on labor income. We verified that migrants are positively selected, have a higher probability of employment and have higher income. Also, results show that there is a positive evolution of migrant selection over timept_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherSérgio Fornazier Meyrelles Filhopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMigraçãopt_BR
dc.subjectRendimentopt_BR
dc.subjectCentro-oestept_BR
dc.subjectMigrationpt_BR
dc.subjectIncomept_BR
dc.subjectCentral westpt_BR
dc.titleEvolução da inserção do migrante e do não migrante no mercado de trabalho da região centro-oeste entre 2000 e 2010pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO objetivo geral deste trabalho é analisar a evolução da inserção do migrante e do não migrante no mercado de trabalho da região Centro Oeste entre 2000 e 2010. A partir dos dados dos Censos Demográficos, são apresentadas estatísticas descritivas e utiliza-se o procedimento de Heckman para explicar o impacto de ser migrante sobre o emprego e sobre o rendimento do trabalho. Verificou-se que o migrante é positivamente selecionado, tem maior probabilidade de ocupação de postos de trabalho e maior remuneração. Além disso, os resultados mostram que há uma evolução positiva da seleção dos migrantes ao passar do tempo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/reoeste.v2i2.44223-
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas - (FACE)pt_BR
Aparece nas coleções:FACE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Victor Paulo Archanjo de Paiva Tocantins Lino - 2016.pdf502,82 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons