Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17882
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Maria Sebastiana-
dc.creatorSilva, Nathalia Barbosa e-
dc.creatorAlves, Ana Gabriella Pereira-
dc.creatorAraújo, Samantha Pereira-
dc.creatorOliveira, Amanda Cristine de-
dc.date.accessioned2019-08-08T13:47:36Z-
dc.date.available2019-08-08T13:47:36Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationSILVA, Maria Sebastiana; SILVA, Nathalia Barbosa e; ALVES, Ana Gabriella Pereira; ARAÚJO, Samantha Pereira; OLIVEIRA, Amanda Cristine de. Risco de doenças crônicas não transmissíveis na população atendida em Programa de Educação Nutricional em Goiânia (GO), Brasil. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 19, n. 5, p. 1409-1418, 2014.pt_BR
dc.identifier.issn1413-8123-
dc.identifier.issne- 1678-4561-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17882-
dc.description.abstractThe scope of this work was to evaluate the risk factors for chronic non-communicable diseases (CNCDs) in subjects treated in the Nutri- tion Education Program of the School of Physical Education of the Federal University of Goiás. The number of individuals evaluated was 79, namely 65 adults and 14 adolescents. Socio-economic data, lifestyle and previous diseases were recorded by using anamnesis, the feeding habits (FH) were assessed by a food frequency questionnaire and the anthropometric indexes used were body mass in- dex (BMI) and waist circumference (WC). The prevalence of overweight and obesity in the popu- lation was 42.9% (n = 27) and the average WC of adults was 82.67 ± 12.49, and 45.1% had increased or very increased risk of cardiovascular diseases. About 88.6% of the population reported the exist- ence of CNCDs in the family. Most of the people (75%) exercised regularly. Those who smoked also drank alcohol frequently, and those that did not smoke were the ones that exercised more. The in- take of fruit and vegetables is practiced by 36.7% and 63.3% of participants at least once a day, re- spectively. The conclusion reached is that the pop- ulation studied had a high prevalence of exposure to at least one risk factor for CNCDs.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectChronic diseasept_BR
dc.subjectSedentary lifestylept_BR
dc.subjectRisk factorspt_BR
dc.subjectDoença crônicapt_BR
dc.subjectFatores de riscopt_BR
dc.subjectEstilo de vida sedentáriopt_BR
dc.titleRisco de doenças crônicas não transmissíveis na população atendida em Programa de Educação Nutricional em Goiânia (GO), Brasilpt_BR
dc.title.alternativeRisk of chronic non-communicable diseases in the population attended in the nutritional education program in Goiânia in the state of Goiás, Brazilpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO objetivo foi avaliar os fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) em indivíduos atendidos no Programa de Educa- ção Nutricional da Faculdade de Educação Físi- ca, da Universidade Federal de Goiás. Participa- ram 79 sujeitos, sendo 65 adultos e 14 adolescen- tes. Dados socioeconômicos, hábitos de vida e doen- ças prévias foram coletados por meio de anamne- se, o hábito alimentar (HA) foi avaliado por um questionário de frequência alimentar e os índices antropométricos utilizados foram o índice de mas- sa corporal (IMC) e circunferência da cintura (CC). A prevalência de sobrepeso e obesidade na população foi de 42,9% (n = 27) e a média da CC dos adultos foi de 82,67 ± 12,49, sendo que 45,1% apresentavam risco aumentado ou muito aumen- tado para doenças cardiovasculares. Aproxima- damente 88,6% da população relatou a existência de DCNT na família. Dos avaliados, 75,0% prati- cavam exercícios físicos regularmente. Aqueles que eram tabagistas ingeriam álcool frequentemente e os sujeitos não fumantes eram os que mais pra- ticavam atividade física. Em relação ao HA, a ingestão de frutas e hortaliças é realizada por 36,7% e 63,3% dos participantes ao menos uma vez/dia, respectivamente. Conclui-se que os ava- liados possuem alta prevalência de exposição a, pelo menos, um fator de risco para DCNT.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/1413-81232014195.16312013-
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação Física e Dança - FEFD (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria Sebastiana Silva - 2014.pdf94,34 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons