Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17957
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAlmeida, Nadja Karoliny Lucas de Jesus-
dc.date.accessioned2019-08-21T10:40:17Z-
dc.date.available2019-08-21T10:40:17Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.citationALMEIDA, Nadja Karoliny Lucas de Jesus. Medéia e Joana na sala de aula. Revista Solta a Voz, Goiânia, v. 18, n. 2, p.207-225, 2007. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/sv/article/view/3412/3294.pt_BR
dc.identifier.issn2236-0514-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17957-
dc.description.abstractThe literary reading consists of a collective action when in classroom. Since it deals with human beings in all their instances, such readings show characters that dwell in situations that can be experimented during the reading, and /or in real life, talking about diff erences, likeness and relationships between that “self” who reads and the “other” who tells us (the literature) and the world around us. Th is work which consists of the reading of Medeia (Eurípedes) and Gota d’Água (Chico Buarque and Paulo Pontes) in classroom, also presents an analysis focusing on women behaviour in society involved by Medeia and Joana behaviours in their societies. Th ese women were strong, human and self-consciousness about their rights and identities. Th is work also comprises a short study of women behaviour in society nowadays.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherMaria de Fátima Cruvinelpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLeiturapt_BR
dc.subjectLiteraturapt_BR
dc.subjectIdentificaçãopt_BR
dc.subjectIdentidadept_BR
dc.subjectMulherespt_BR
dc.subjectReadingpt_BR
dc.subjectLiteraturept_BR
dc.subjectIdentificationpt_BR
dc.subjectIdentitypt_BR
dc.subjectWomenpt_BR
dc.titleMedéia e Joana na sala de aulapt_BR
dc.title.alternativeMedéia and Joana in the classroompt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA leitura literária constitui-se como uma prática coletiva quando em sala de aula. Por tratar do homem em todas as suas instâncias, tal leitura põe em cena personagens que vivem em situações que podem ser experimentadas durante a leitura e/ou na vida real, tratando das diferenças, das semelhanças e dos relacionamentos entre o eu que lê, o outro que me fala (a literatura) e o mundo ao meu redor. Este trabalho, constituído pelas leituras de Medéia (Eurípedes) e de Gota d’Água (Chico Buarque e Paulo Pontes) em sala de aula, contempla análises feitas acerca do posicionamento da mulher na sociedade implicado pelos comportamentos de Medéia e de Joana em suas sociedades, que se mostraram fortes, humanas e sabedoras de seus direitos. Contempla, ainda, um rápido estudo do comportamento das mulheres na sociedade atual.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/rp.v18i2.3412-
dc.publisher.departmentCentro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (CEPAE) - RGpt_BR
Aparece nas coleções:CEPAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Nadja Karoliny Lucas de Jesus Almeida - 2007.pdf130,11 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons