Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19252
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Pimenta, Daiana Paula-
dc.creatorBueno, Juliete Domingos Rosa-
dc.date.accessioned2020-11-17T11:58:09Z-
dc.date.available2020-11-17T11:58:09Z-
dc.date.issued2018-12-04-
dc.identifier.citationBUENO, Juliete Domingos Rosa. Análise da influência da experiência e do desempenho sobre a decisão de adquirir novamente. 2018. 26 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19252-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectAquisiçõespt_BR
dc.subjectAprendizagem comportamentalpt_BR
dc.subjectExperiência em aquisiçõespt_BR
dc.subjectDesempenho da empresapt_BR
dc.titleAnálise da influência da experiência e do desempenho sobre a decisão de adquirir novamentept_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.resumoEsta pesquisa teve como objetivo investigar a influência da experiência e do desempenho da empresa em aquisições anteriores sobre a decisão de empresas brasileiras de capital aberto, excluindo as do setor financeiro, realizarem uma nova aquisição, delimitando-se ao período de 1996-2016. A amostra de estudo, conta com as operações classificadas como fusão ou aquisição de participação prevalecente anunciados e concluídos no período compreendido entre janeiro de 1996 e dezembro de 2016. O método utilizado para análise foi o modelo de regressão Poisson, com efeitos fixos e controle do tempo, utilizando dados em painel. Todos os modelos foram estimados robustos à heterocedasticidade e à autocorrelação. Os resultados encontrados foram que quanto maior a experiência em aquisições anteriores de uma empresa, maior a probabilidade de esta realizar uma nova aquisição. Ao se empregar o Q de Tobin como medida de desempenho, percebeu-se que as empresas com maior desempenho têm sua frequência de aquisições aumentada. Por fim, interagiu-se a experiência em aquisições e o Q de Tobin, e os resultados sugeriram que o efeito positivo da experiência sobre a probabilidade de fazer futuras aquisições foi reforçado nos níveis mais elevados de desempenho da empresa.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.contributor.referee1Pimenta, Daiana Paula-
dc.contributor.referee1Rodrigues, Fernanda Fernandes-
dc.contributor.referee1Cunha, Moisés Ferreira da-
dc.publisher.departmentFaculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas - FACE (RG)pt_BR
dc.publisher.courseCiências Contábeis (RG)-
Aparece nas coleções:FACE - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Ciências Contábeis - Juliete Domingos Rosa Bueno - 2018.pdf870,47 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons