Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19565
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Silva, Ana Paula Salles da-
dc.creatorLopes, Flávia Roberta Dias de Santana-
dc.date.accessioned2021-06-14T14:33:47Z-
dc.date.available2021-06-14T14:33:47Z-
dc.date.issued2021-05-24-
dc.identifier.citationLOPES, Flávia Roberta Dias de Santana. Análise da produção científica acerca do uso de tecnologias por estudantes com Transtorno do Espectro Autista na escola. 2021. 67f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Educação Física e Dança, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/19565-
dc.description.abstractAutistic Spectrum Disorder (ASD) is characterized as an atypical development in relation to communication and social interaction based on patterns of behavior, activities and interests that are restricted and repetitive. There are difficulties regarding access to DICT (Digital Information and Communication Technologies) for students with ASD and questions are raised about whether the use of technologies by this public at school has been effective for the learning and active participation of these students in the pedagogical scope. Thus, the aim of this study was to analyze the scientific production about the use of technologies by students with Autistic Spectrum Disorder (ASD) at school. For this, a systematic literature review research was carried out, in which 9 articles related to ASD, education and technology were analyzed. After analyzing the articles, it can be seen that they apply in an instrumental aspect, with a lot to advance from the perspective of media-education in the relationship with students with ASD, however, those works that use the image, visual resources to problematize the contents are quite positive, considering the uniqueness of the student with ASD. In addition, not having found any article that has the specificity of working the content in a critical or critical-productive perspective is problematic, making the production of media language in schools scarce, since the technology was used in such a way that the format of activities to produce, just to make the proposal more interesting for students. Furthermore, it was possible to understand the importance of the mediation of the teacher in the life of the student and that it is necessary that teacher education is carried out in a critical and creative way, addressing the use of DICT in teaching. Thus, it is concluded that the use of technologies by students with ASD at school has been effective for learning, however, it has not been done so that there is an active participation of students in what is being produced in the school environment.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectTranstorno do Espectro Autista (TEA)pt_BR
dc.subjectInclusãopt_BR
dc.subjectMídia-educaçãopt_BR
dc.subjectTecnologiapt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.titleAnálise da produção científica acerca do uso de tecnologias por estudantes com Transtorno do Espectro Autista na escolapt_BR
dc.title.alternativeAnalysis of scientific production about the use of technologies by students with Autistic Spectrum Disorder at schoolpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.description.resumoO Transtorno do Espectro Autista (TEA) caracteriza-se como desenvolvimento atípico em relação à comunicação e interação social a partir de padrões de comportamento, de atividades e de interesses que são restritos e repetitivos. Existem dificuldades quanto ao acesso às TDICs (Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação) para os estudantes com TEA e questionamentos se o uso de tecnologias por esse público na escola tem sido eficaz para o aprendizado e a participação ativa desses alunos no âmbito pedagógico. Assim, o objetivo desse estudo foi analisar a produção científica acerca do uso de tecnologias por estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) na escola. Para isso, realizou-se uma pesquisa de revisão sistemática da literatura, em que foram analisados 9 artigos relacionados ao TEA, à educação e à tecnologia. Após a análise dos artigos pode-se constatar que se aplicam em um aspecto instrumental, tendo muito o que avançar na perspectiva da mídia-educação na relação com estudantes com TEA, no entanto, aqueles trabalhos que utilizam da imagem, de recursos visuais para problematizar o conteúdo são bastante positivos, considerando a singularidade do estudante com TEA. Além disso, não ter encontrado nenhum artigo que tenha uma especificidade de trabalhar o conteúdo numa perspectiva crítica ou crítico-produtiva é problemático, tornando a produção de linguagem midiática nas escolas escassa, já que a tecnologia foi usada de tal forma que não se modificou o formato das atividades para produzir, apenas para tornar a proposta mais interessante para os alunos. Ademais, pôde-se compreender a importância da mediação do docente na vida do discente e que é necessário que a formação de professores seja realizada de maneira crítica e criativa abordando o uso das TDICs no ensino. Sendo assim, conclui-se que o uso de tecnologias por estudantes com TEA na escola tem sido eficaz para o aprendizado, no entanto, não tem sido feito de forma com que haja uma participação ativa dos estudantes no que está sendo produzido no ambiente escolar.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Ana Paula Salles da Silva-
dc.contributor.referee1Gemente, Florence Rosana Faganello-
dc.contributor.referee1Silva, Efrain Maciel e-
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação Física e Dança - FEFD (RG)pt_BR
dc.publisher.courseEducação Física (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FEFD - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Educação Física - Flávia Roberta Dias de Santana Lopes - 2021.pdf910,21 kBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons