Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4798
Tipo do documento: Dissertação
Título: As ceramistas Karajá e o processo de registro de suas bonecas de cerâmica como patrimônio cultural do Brasil
Título(s) alternativo(s): Karajá potters and the process for their pottery dolls to be recognised as a brazilian cultural heritage
Autor: Resende, Michelle Nogueira de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/4775798663518981
Primeiro orientador: Leitão, Rosani Moreira
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/1983245441436723
Primeiro membro da banca: Leitão, Rosani Moreira
Segundo membro da banca: Belas, Carla Arouca
Terceiro membro da banca: Dias, Luciana de Oliveira
Quarto membro da banca: Lima, Neri Clara de
Resumo: Através de suas bonecas de cerâmica as mulheres Karajá expressam a imagem que o seu povo (que se autodenominam de In ) tem de si próprio, de seu universo cultural e de sua identidade. Por meio da arte de modelar o barro, elas assumem um papel importante na legitimação do modo de “ser Karajá”, criando e recriando os significados que dão sustentação à sua visão de mundo e à sua identidade étnica e cultural. O objetivo desta pesquisa é refletir sobre o registro das bonecas de cerâmica confeccionadas pelas mulheres Karajá da região do Araguaia, como patrimônio cultural brasileiro (pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN), tomando como objeto central as concepções e práticas das mulheres ceramistas sobre o assunto. Assim, trago algumas reflexões acerca da atuação de agências e pessoas-chave no processo mencionado; do referido reconhecimento como instrumento de divulgação e valorização do saber e do trabalho das ceramistas; da circulação das ritxoko/bonecas como possibilidade de ampliação de redes e de fortalecimento político; da apropriação dos discursos institucionais e reelaboração dos mesmos a partir de um ponto de vista etnopolítico, bem como do protagonismo feminino que emerge através do ofício e do trabalho das ceramistas.
Abstract: It is through their pottery dolls that Karajá women (self-named In ) convey the picture their people have of themselves and their identity. By modelling clay, they take on an important role on the legitimation of the “Karajá way of being”, creating and recreating the meanings that support their world perspective, besides cultural and ethnic identity. This paper’s objective is to reflect upon the registration of these pottery dolls as a Brazilian cultural heritage (by the Artistic and Historical Heritage National Institute – IPHAN), having these potter women’s conceptions and practices as a central object in this process. Thus, I bring some thoughts on some agencies and people’s actions in the aforementioned process; on the recognition they have been seeking for as an instrument of dissemination and valuation of the potters’ knowledge and work, on the circulation of the dolls/ritxoko as a possibility for network widening and political strengthening, on the appropriation of the institutional discourse and its re-elaboration from an ethnicpolitical point of view, and on the feminine political protagonism that emerges from these potters’ work and craft.
Palavras-chave: Karajá
Ritxoko/bonecas de cerâmica
Patrimônio cultural
Karajá
Ritxoko/pottery dolls
Cultural heritage
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Direitos Humanos (PRPG)
Citação: RESENDE, M. N. As ceramistas Karajá e o processo de registro de suas bonecas de cerâmica como patrimônio cultural do Brasil. 2014. 119 f. Dissertação (Mestrado em Direitos Humanos) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/4798
Data de defesa: 19-Dez-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Direitos Humanos (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Michelle Nogueira de Resende - 2015 - (1).pdf74,74 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir
Dissertação - Michelle Nogueira de Resende - 2015 - (2).pdf7,62 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons