Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8642
Tipo do documento: Dissertação
Título: Práticas organizativas dos empreendedores culturais na constituição das cidades: compreendendo a produção e ocupação dos espaços da cidade por grupos de forró em Brasília, Distrito Federal
Título(s) alternativo(s): Organizational practices of the cultural entrepreneurs on the formation of the cities: understanding the production and the occupation of spaces in the city by groups of forró from Brasilia – Federal District
Autor: Franco, Bárbara Lopes
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/9489821826124178
Primeiro orientador: Oliveira, Josiane Silva de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2439136270325511
Primeiro membro da banca: Freitag, Maria Salete Batista
Segundo membro da banca: Fantinel, Letícia Dias
Resumo: Nessa dissertação, proponho que as práticas cotidianas das organizações do campo das culturas populares formam políticas de produção e de ocupação dos espaços das cidades que resistem frente a imposição das lógicas de planificação do espaço urbano. Com efeito, destaco que as cidades são processos organizativos, portanto podendo ser compreendidas com base nas práticas cotidianas das organizações que as habitam. Proponho a aproximação teórica do campo dos Estudos Baseados em Práticas (EBP) na área de Administração com os debates sobre cidades, a partir das discussões propostas por Certeau (2008), tendo como contexto empírico de pesquisa o cotidiano organizativo dos empreendedores culturais. Para o desenvolvimento desses conceitos de análise organizacional, foi realizado um estudo qualitativo no ano de 2017 com dois sujeitos ligados ao forró no Distrito Federal, considerado um movimento de cultura popular. A opção pelo estudo de diferentes sujeitos ligados ao forró ocorreu pelo fato de se constituírem a partir da realização de shows e eventos em diferentes locais da cidade de Brasília, o que possibilita a compreensão dos diferentes espaços produzidos por eles que constituem Brasília. A produção de material empírico para as análises ocorreu a partir das observações participantes realizadas no cotidiano de eventos de forró realizados na cidade de Brasília, bem como das entrevistas de história de vida com dois sujeitos ligados ao forró em Brasília e considerados como referência profissional nesse campo de atuação. Como contribuição ao campo da Administração destaco (1) a relevância de se pensar a cidade como processo organizativo; (2) o entendimento de que as práticas cotidianas das organizações formam políticas de produção e de ocupação dos espaços das cidades; (3) a relevância de se pensar as culturas populares como processos organizativos de resistência frente a lógica de planificação da cidade; (4) avançar na apropriação teórica dos trabalhos de Michel de Certeau para as análises organizacionais.
Abstract: In this dissertation, I propose that the daily practices of organizations on the field of popular culture form policies of production and space occupation in cities that resist the logical imposition of the urban space planning. I strongly highlight that the cities are organizational processes, therefore may be based on the daily practices of the organizations that inhabit them. I propose a theoretic approach of the Practice-Based Studies (PBS) in the Administration area with discussions about cities, starting from the discussions proposed by Certeau (2008) having as an empirical context of research the organizational daily routine of cultural entrepreneurs. For the development of these concepts of organizational analysis, I carried a qualitative study in 2017 with a forró subjects in Distrito Federal, considered a popular culture movement. The choice of the organization occurred because the different subjects of forró are constituted by performative shows and events in different locations of the city of Brasilia, that makes possible to comprehend different spaces produced by the organization studied that comprises Brasília. The production of the empirical material for the analysis will occur from the observations of the participants that will be held on a daily bais of the studied organization, as well as interviews of the life history that should be done with the subjects of forró in Brasília. As contribution to the Administration area, I emphasize (1) the relevance of thinking the city as an organizational process; (2) the understanding that daily practices of organizations form policies of production and spaces occupation in the cities; (3) the relevance of thinking popular cultures as organizational processes of resistance against city planning logic; (4) the advance on the theoretical appropriation of Michel de Certeau works to organizational analysis.
Palavras-chave: Práticas organizativas
Cidades
Forró
Empreendedores culturais
Brasília
Organizational practices
Cities
Cultural entrepreneurs
Forró
Brasília
Área(s) do CNPq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas - FACE (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Administração (FACE)
Citação: FRANCO, B. L. Práticas organizativas dos empreendedores culturais na constituição das cidades: compreendendo a produção e ocupação dos espaços da cidade por grupos de forró em Brasília, Distrito Federal. 2017. 124 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/8642
Data de defesa: 28-Set-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Administração (FACE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Bárbara Lopes Franco - 2017.pdf3,36 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons