Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9466
Tipo do documento: Dissertação
Título: Epidemiologia da sífilis em indivíduos com 50 anos ou mais em município do interior goiano
Título(s) alternativo(s): Epidemiology of syphilis in individuals aged 50 years or older in the municipality of Goiás
Autor: Vitorette, Raphael Dionisio
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3479272504192186
Primeiro orientador: Teles, Sheila Araújo
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4975298732179917
Primeiro membro da banca: Teles, Sheila Araújo
Segundo membro da banca: Guimarães, Janaína Valadares
Terceiro membro da banca: Vieira, Maria Aparecida da Silva
Resumo: Adultos em processo de envelhecimento continuam a ser sexualmente ativos, estando suscetíveis as infecções sexualmente transmissíveis (IST) devido a alterações biológicas, aspectos comportamentais e estruturais da sociedade e dos serviços de saúde, sendo poucos os estudos que avaliam a prevalência dessas infecções nessa população. Este estudo teve como objetivo investigar o perfil soroepidemiológico da infecção pelo Treponema pallidum em indivíduos com idade maior ou igual a 50 anos residentes em uma cidade do interior do Brasil. Trata-se de estudo observacional, de corte transversal, analítico, realizado em agosto de 2017, no município de Goiandira, Goiás, Brasil. Participaram do estudo 339 indivíduos com idade maior ou igual a 50 anos, residentes há pelo menos seis meses na cidade do estudo. Todos os indivíduos foram entrevistados e testados para sífilis por meio de teste treponêmico (teste rápido -TR). As amostras reagentes TR foram submetidas ao VDRL. Do total de indivíduos recrutados, a maioria era do sexo feminino (60,2%), tinha entre 50 e 59 anos (42,2%), era casada (55,2%), praticava algum tipo de religião (94,1%), autodeclarou-se não branca (57,2%) e mais da metade (55,2%) tinha mais de 5 anos de estudo. Estimou-se uma prevalência de 7,4% (n=25; IC95%: 4,7-10,6) a partir do teste rápido e 1,5% (n=5; IC95%: 0,63-3,41) ao VDRL. Na análise de regressão logística múltipla, a história de prisão (OR ajustado: 4,23) e o relato de violência sexual e/ou física (OR ajustado: 3,29) foram independentemente associados a positividade para sífilis no teste rápido. Os resultados deste estudo reforçam a necessidade da inclusão de indivíduos com idade maior ou igual a 50 anos nas políticas públicas para detecção precoce, tratamento e prevenção das IST, principalmente, da sífilis. A melhoria nos indicadores socioeconômicos brasileiros e, conseguinte, nas condições de vida da população brasileira em geral, pode refletir na redução das taxas de incidência de sífilis.
Abstract: Aging adults continue to be sexually active and are susceptible to sexually transmitted infections due to biological and behavioral changes, as well as structural aspects of society and health services. Few studies assess the prevalence of these infections in this population. The goal of this study was to investigate the seroepidemiological profile of Treponema pallidum infection in individuals aged 50 years or older living in a city in central Brazil. This is an observational, cross-sectional, analytical study, conducted in August 2017, in the City of Goiandira, Goiás, Brazil. A total of 339 individuals with 50 years or more residing in the city for at least six months participated in the study. All subjects were interviewed and tested for syphilis by Treponema rapid test. The reagent samples were subjected to VDRL. Of the total number of individuals recruited, the majority were female (60.2%), between 50 and 59 years old (42.2%), married (55.2%), practiced some type of religion (94.1%), self-declared mixed race (57.2%) and more than half (55.2%) had more than 5 years of education. A prevalence of 7.4% (n=25, 95% CI: 4.7-10.6) was estimated from the rapid test and 1.5% (n=5, 95% CI: 0.63-3.41) from the VDRL. In the multiple logistic regression analysis, history of incarceration (adjusted OR: 4.23) and sexual and/ or physical violence (adjusted OR: 3.29) were independently associated with syphilis positivity in the rapid test. The results of this study reinforce the need to include individuals aged 50 years or older in public policies for the early detection, treatment, and prevention of STIs, mainly syphilis. Improvements in Brazilian socioeconomic indicators and, consequently, in the living conditions of the Brazilian population in general, may reflect a reduction of syphilis incidence rates.
Palavras-chave: Sífilis
Meia-idade
Idoso
Prevalência
Middle-age
Seniors
Prevalence
Syphilis
Área(s) do CNPq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Programa: Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN)
Citação: VITORETTE, R. D. Epidemiologia da sífilis em indivíduos com 50 anos ou mais em município do interior goiano. 2019. 93 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/9466
Data de defesa: 12-Mar-2019
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem (FEN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Raphael Dionisio Vitorette - 2019.pdf5,8 MBAdobe PDFBaixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons