Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11186
Tipo do documento: Artigo
Título: A problematização de gênero em Os homens que eu tive (1973): filme de Tereza Trautman
Título(s) alternativo(s): Gender Problematization in “Os Homens que Eu Tive” (1973): a film by Tereza Trautman
La problematización de género en “Os ho mens que eu tive” (1973): película de Tereza Trautman
Autor: Oliveira, Alcilene Cavalcante
Resumo: Neste texto, parte-se da ideia de que objetos culturais, especificamente filmes, realizados no Brasil, na década de 1970, dialogaram com valores, concepções, ideias, projetos e práticas que constituíam as culturas políticas em curso no país; dentre as quais a cultura política feminista, que se engendrava no período, e a autoritária, fomentada pela ditadura civil-militar. Tais culturas políticas defendiam ideias completamente distintas sobre os papéis sociais atribuídos a homens e a mulheres, na sociedade. Inserida neste contexto, Tereza Trautman realizou seu longa-metragem, de ficção, Os homens que eu tive, lançando-o em 1973, quando o filme foi interditado pelo regime. Analisamos as representações de gênero e o diálogo com as ideias feministas empreendidos na trama.
Abstract: This paper begins with the idea that cultural objects, specifically, films made in Brazil way back in 1970’s, dialogued with values, conceptions, ideas, projects and practices that constitute the ongoing political cultures in the country. Among them, it is possible to identify the feminist political culture, which is engendered in that period, and the authoritarian culture fostered by the civil-military dictatorship. Such political cultures advocated completely different ideas about the social roles assigned to men and women in society. Within this context, Tereza Trautman produced her fiction feature film “Os homens que eu tive”. It was cast in 1973 when the military regime censored it. This article analyzes the representations of gender and the dialogue with feminist ideas from the 1970’s, addressed in the plot.
En este trabajo, se parte de la idea de que los objetos culturales, específicamente las películas, hechas en Brasil, en la década de 1970, dialogaron con valores, concepciones, ideas, proyectos y prácticas que constituían las culturas políticas en curso en el país; incluyendo la cultura política feminista, que se engendra en el período, y la autoritaria, fomentada por la dictadura cívicomilitar. Tales culturas políticas defendían ideas completamente diferentes acerca de los roles sociales asignados a hombres y mujeres en la sociedad. Insertado en este contexto, Tereza Trautman celebró su largometraje, de ficción, Os homens que eu tive, en 1973, cuando la película fue prohibida por el régimen. Analizamos las representaciones de género y el diálogo con las ideas feministas, de los años de 1970, en la película.
Palavras-chave: Autoria feminina
Cinema
Ditadura
Feminismo
Gênero
Female authorship
Dictatorship
Feminism
Gender
Cine
Dictadura
País: brasil
Instituição: Teresinha Maria Duarte
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Regional Catalão (RC)
Citação: OLIVEIRA, Alcilene Cavalcante. A problematização de gênero em Os homens que eu tive (1973): filme de Tereza Trautman. Opsis, Catalão, v. 15, n. 2, p. 432-451, jul./dez. 2015. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/index.php?journal=Opsis&page=article&op=view&path%5B%5D=36738&path%5B%5D=19713>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11186
Data de publicação: 9-Out-2015
Aparece nas coleções:RC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alcilene Cavalcante Oliveira- 2015.pdfArtigo - Alcilene Cavalcante Oliveira- 2015.995,57 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.