Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11430
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorFernandes, Waldemar José-
dc.creatorBarbosa, William-
dc.date.accessioned2017-02-21T15:36:47Z-
dc.date.available2017-02-21T15:36:47Z-
dc.date.issued1972-06-
dc.identifier.citationFERNANDES, Waldemar José; BARBOSA, William. Toxoplasmose — notas sobre sua ocorrência em animais domésticos em Goiânia — (1970). Revista de Patologia Tropical, Goiânia, v. 1, n. 2, p. 259-265, abr./jun. 1972. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/iptsp/article/view/23237/13680>.pt_BR
dc.identifier.issn0301-0406-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11430-
dc.description.abstractThe incidence of toxoplasmosis in 174 apparently healthy animais in Goiânia was investigated. 35 adult domestic urban dogs were studied; the Sabin-Feldman dye test was positive in 57,1%, the highes titer being 1/256. The eyes of 60 bovines were examined and inoculated into mice, none of which showed positive results and into 79 pigs whose serologic tests revealed 34,17% positivity, the highest titer being 1/254 in four; a strain of toxoplasma gondii was isolated from one out of twenty diaphragms examined; in 5 pigs, histopathological examinations revealed pseudocysts which were interpreted as being due to toxoplasma gondii in skletal muscle and miocardium.pt_BR
dc.description.sponsorshipCegrafpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherRuy de Souza Lino Juniorpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleToxoplasmose — notas sobre sua ocorrência em animais domésticos em Goiânia — (1970)pt_BR
dc.title.alternativeOccurrence of toxoplasmosis in domestic animals in Goiâniapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoOs autores procederam à pesquisa de infecção toxoplásmica em 174 animais, aparentemente, sadios de Goiânia. Estudaram 35 cães adultos, domésticos e urbanos, encontrando positividade total de 57,1% com o título máximo de 1/256 na reação de SabmrFeldmau; 60 bovinos cujos olhos foram examinados e inoculados em camundongos, não se obtendo positividade em qualquer deles e 79 suínos, cujos testes sorológicos revelaram 34,17% de positividade, com titulo máximo de 1/256 em 4; isolaram uma cepa de toxoplasma guiulii de um diafragma entre 20 estudados. Em 5 outros suínos examinados encontraram-se ao exame hisíopatológico, pseudo-clstos interpretados como de toxoplasma gondii no músculo esquelético e no miocardio.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Waldemar José Fernandes - 1972.pdf1,71 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons