Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11894
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCarvalho, Carluce Gomes de Sá e-
dc.creatorMonnerat, Pedro Henrique-
dc.date.accessioned2017-05-11T12:13:35Z-
dc.date.available2017-05-11T12:13:35Z-
dc.date.issued1978-11-
dc.identifier.citationCARVALHO, Carluce Gomes de Sá e; MONNERAT, Pedro Henrique. Efeito de diferentes fotoperíodos no crescimento de dois cultivares de alho (allium sativum l.). Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 8, n. 1, p. 48-67, jan./dez. 1978. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2301>.pt_BR
dc.identifier.issn1517-6398-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/11894-
dc.description.abstractThis experiment was made with two varietics of garlic, the Amarante and Centenario, under greenhouse co􀁦 ditions, to verify the effect of photoperiods of 9, 12 and 15 hours and natural sunlight on the growth of this vegeta­ble. Plants exposed to photoperiods of 12 and 15 hours rcccivcd 9 hours of natural light and incandescent li ght at .:iproximatcly 180 lux for the remaining hours. Results showed that the longer the photope -riod the lowcr the following dry wei􀃁hts in both types of garlic: thc total, thc cxposed parts, sheathes, leaves and roots, and thc longer the photoperiod, the lower the total numbcr of leavcs an<l lcaf surfaces in the two types of gaE lic. In the Amarante variety, the highest rates of growth occurred earlier when the photoperiod was longer. ln both varictics of garlic, the variations in photoperiods affec­ted thc growth of thc bulb much more than they did the expQ sed parts showing that long photoperiods hastened the decre􀀐 SC! of thc bulbar ratio, and thal the longer the photoperiod, the faster thc dcvclopmcnt of the claves. Plants of the Ce!! tcnario variety which wcre exposed to a photoperiod of 9 hours, showed a high r;ite of bulb rotting.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherYvo de Carvalhopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleEfeito de diferentes fotoperíodos no crescimento de dois cultivares de alho (allium sativum l.)pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste experimento foi realizado cm condições de casa-de-vegetação, com dois cultivares de alho, Amarante e Centenário, com o objetivo de verificar o efeito de fotoperíodos de 9, 12, 15 horas e natural, sobre o crescimento dessa hortaliça. As plantas submetidas a fotoperíodos de 12 e 15 horas, receberam 9 horas de luz natural e complementação com luz incandescente, com intensidade luminosa de 180 lux, aproximadamente. Observou-se que quanto mais longo o fotoperíodo, menores o peso seco total, peso seco da parte aérea, peso seco da bainha, peso seco das plantas, peso seco das raízes, número total de folhas e área foliar, em ambos os cultivares. No cultivar Amarante as taxas máximas de crescimen­to ocorreram tanto mais cedo quanto mais longo o fotoperío­do Em ambo s os cultivares, a variação do fotoperíodo afetou muito mais o crescimento dos bulbos que o da parte aérea, verificando-se que fotoperíodos longos apressaram a queda da razão bulbar, sendo que quanto mais longo o fotoperíodo, mais rápido ocorreu o desenvolvimento dos bulbilhos. Plantas do cultivar Centenário sob fotoperíodos de 9 horas, apresentaram elevada incidência de podridão dos bulbos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Carluce Gomes de Sá e Carvalho - 1978.pdf394,58 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons