Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12242
Tipo do documento: Artigo
Título: Infecção experimental de embriões de frangos de corte com Salmonella enterica sorovar Enteritidis fagotipo 4
Título(s) alternativo(s): Experimental infection of broiler embryos with Salmonella enterica sorovar Enteritidis phagotype 4
Autor: Andrade, Maria Auxiliadora
Mesquita, Albenone José de
Stringhini, José Henrique
Pedroso, Adriana Ayres
Leandro, Nadja Susana Mogyca
Café, Marcos Barcellos
Matos, Maira Silva
Resumo: Avaliou-se a infecção experimental por Salmonella Enteritidis fagotipo 4 (SEpt4) em embriões de frango de corte para averiguar a habilidade de penetração através da casca e o efeito da inoculação no albúmen, considerando-se a mortalidade, a eclodibilidade e a colonização intestinal dos pintos eclodidos. Foram realizados dois experimentos, distribuídos em quatro tratamentos (T) cada, com 200 e 194 ovos incubáveis das linhagens Ross e ISA Label, respectivamente. Utilizaram-se ovos não sanitizados e inoculados na casca com Salmonella Enteritidis (T1) ou com placebo (T2); ou inoculados no albúmen com Salmonella Enteritidis (T3) ou com placebo (T4). Imediatamente após a inoculação, os ovos foram incubados, e a mortalidade embrionária avaliada após 96, 432 e 528 horas. Salmonella Enteritidis inoculada na casca manteve-se viável na casca e nas membranas durante todo o período de incubação e migrou para o interior dos ovos, entretanto não afetou os parâmetros de incubação. O patógeno inoculado no albúmen determinou mortalidade embrionária tardia nas linhagens Ross, 17,0%, e ISA Label, 13,0%, e originou pintos com maior freqüência de colonização intestinal por Salmonella Enteritidis, 76,7% e 26,7% para Ross e ISA Label, respectivamente.
Abstract: The experimental infection of Salmonella Enteritidis phagotype 4 (SEpt4) was evaluated in broilers embryos to verify the ability of penetration through eggshell and the effect of albumen inoculation considering embryo mortality, hatchability, and intestinal colonization of hatched chicks. Two trials were conducted using in four treatments each, totaling 200 and 194 fertile eggs of Ross and ISA Label lineages, respectively. Non-sanitized eggs were inoculated on the shell with Salmonella Enteritidis (Treatment 1) or placebo (Treatment 2); and eggs were inoculated in albumen with Salmonella Enteritidis (Treatment 3) or placebo (Treatment 4). Immediately after inoculation, the eggs were incubated and embryo mortality was evaluated after 96, 432, and 528 hours. The results showed that Salmonella Enteritidis inoculated on egg shell remained active there and in shell membranes during all incubation period and migrated to the interior of the eggs; however, it did not affect the incubation parameters. It was observed that Salmonella Enteritidis inoculated in albumen caused late embryo mortality in Ross (17.0%) and ISA Label (13.0%) lineages, and originated chicks with high frequency of intestinal colonization by Salmonella Enteritidis, being 76.7% and 26.7% for Ross and ISA Label, respectively.
Palavras-chave: Frango de corte
Salmonella enteritidis
Infecção
Casca
Albúmen
Transmissão vertical
Broiler
Infection
Egg shell
Albumen
Vertical infection
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Unidade acadêmica: Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Citação: ANDRADE, M. A.; MESQUITA, A. J.; STRINGHINI, J. H.; PEDROSO, A. A.; LEANDRO, N. S. M.; CAFÉ, M. B.; MATTOS, M. S. Infecção experimental de embriões de frangos de corte com Salmonella enterica sorovar Enteritidis fagotipo 4. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 60, n. 5, p. 1110-1117, out. 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-09352008000500011
Identificador do documento: 10.1590/S0102-09352008000500011
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12242
Data de publicação: Out-2008
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria Auxiliadora Andrade - 2008.pdf181,24 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons