Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12247
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLazzari, Andrea Maria-
dc.creatorOliveira, Marília Viviane Snel de-
dc.creatorMoreti, Bruno-
dc.creatorGuimarães, Gabriela-
dc.creatorKrug, Fernanda-
dc.creatorNoleto, Giovana-
dc.creatorMesquita, Albenones José de-
dc.creatorMagalhães, Kelly Grace-
dc.creatorBocca, Anamélia Lorenzetti-
dc.creatorNeves, Jairo Pereira-
dc.date.accessioned2017-08-08T15:45:56Z-
dc.date.available2017-08-08T15:45:56Z-
dc.date.issued2014-10-
dc.identifier.citationLAZZARI, Andrea Maria; OLIVEIRA, Marília Viviane Snel de; MORETI, Bruno; GUIMARÃES, Gabriela; KRUG, Fernanda; NOLETO, Giovana; MESQUITA, Albenones José de; MAGALHÃES, Kelly Grace; BOCCA, Anamélia Lorenzetti; NEVES, Jairo Pereira. Produção de interleucina-1beta e severidade da mastite pós-inoculação de Staphylococcus aureus na glândula mamária de bovinos e bubalinos. Ciência Rural, Santa Maria, v. 44, n. 10, p. 1816-1822, out. 2014.pt_BR
dc.identifier.issne- 1678-4596-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12247-
dc.description.abstractThis study aimed to analyze in cows and buffaloes, submitted to mastitis induced by inoculation of S. aureus, the concentration of the pro-inflammatory cytokine interleukin-1beta (IL- 1β), the somatic cell count (SCC), and their correlation with some parameters of local and systemic response to inflammation. The animals had one mammary gland inoculated and the inflammatory process was monitored by milk culture, SCC, IL-1β measurement in the milk, evaluation of the gland appearance/consistency, milk secretion appearance (localized response to inflammation) and rectal temperature measurement (systemic response to inflammation). There was increase in the levels of IL-1β, SCC, and both local and systemic inflammatory response, in bovine and bubaline species. The production kinetics of the cytokine was different between the two species (P<0.05). Buffaloes showed a faster increase but achieved lower levels of interleukin-1beta, when compared to cows. Both species reached similar maximum counts (P>0.05) of SC/milk mL, with different concentrations (P<0.05) of IL- 1β/mL. The parameters used to verify the local response to inflammation showed higher mean scores in bovine specie. Positive correlation between IL-1β concentration in the milk, SCC and parameters used to analyze the severity of mastitis was verified only in the bovine specie. The results evidenced that the kinetics of IL-1β production was different in the bovine and bubaline species, and demonstrated that the buffaloes developed a milder inflammatory process with faster recovery of the parameters used for mastitis severity evaluation.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBúfalaspt_BR
dc.subjectCitocinapt_BR
dc.subjectImunidade inatapt_BR
dc.subjectIndução de mastitept_BR
dc.subjectVacaspt_BR
dc.subjectBuffaloespt_BR
dc.subjectCowspt_BR
dc.subjectCytokinept_BR
dc.subjectInnate immunitypt_BR
dc.subjectInduced mastitispt_BR
dc.titleProdução de interleucina-1beta e severidade da mastite pós-inoculação de Staphylococcus aureus na glândula mamária de bovinos e bubalinospt_BR
dc.title.alternativeInterleukin - 1β production and severity of mastitis post-inoculation of Staphylococcus aureus in the mammary gland of bovines and bubalinespt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho objetivou avaliar, em vacas e em búfalas submetidas à mastite induzida por inoculação de Staphylococcus aureus, a concentração da citocina pró-inflamatória interleucina-1β (IL-1β), a contagem de células somáticas (CCS) e a correlação destas com alguns parâmetros da resposta local e sistêmica à inflamação. Os animais tiveram uma glândula mamária inoculada e o processo inflamatório foi monitorado pela cultura bacteriológica do leite, CCS, quantificação da IL-1β na secreção láctea, avaliação da aparência/consistência da glândula, aparência da secreção láctea (resposta localizada à inflamação) e aferição da temperatura retal (resposta sistêmica à inflamação). Houve elevação nos níveis de IL-1β, na CCS e resposta localizada e sistêmica à inflamação, tanto na espécie bovina como na bubalina. A cinética da produção da citocina foi diferente nas duas espécies (P<0,05), sendo que as búfalas apresentaram elevação mais rápida, porém com níveis menos elevados, quando comparadas às vacas. As duas espécies alcançaram contagens máximas semelhantes (P>0,05) de CS/mL de leite, com concentrações diferentes (P<0,05) de IL-1β/mL de leite. Os parâmetros utilizados para verificar a resposta localizada à inflamação demonstraram escores médios mais elevados na espécie bovina. Correlação positiva entre a concentração da IL-1β no leite, CCS e parâmetros utilizados para avaliar a severidade da mastite foi verificada somente na espécie bovina. Os resultados evidenciaram que a cinética de produção da IL- 1β foi diferente nas espécies bovina e bubalina e demonstraram que as búfalas desenvolveram um processo inflamatório mais brando, com restabelecimento mais rápido dos parâmetros utilizados para avaliar a severidade da mastite.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/0103-8478cr20130726-
dc.publisher.departmentEscola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Andrea Maria Lazzari - 2014.pdf488,78 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons