Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12371
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLeandro, Nadja Susana Mogyca-
dc.creatorRocha, Patrícia Tironi-
dc.creatorStringhini, José Henrique-
dc.creatorStringhini, José Henrique-
dc.creatorFortes, Rogério Marques-
dc.date.accessioned2017-09-12T11:58:44Z-
dc.date.available2017-09-12T11:58:44Z-
dc.date.issued2001-12-
dc.identifier.citationLEANDRO, Nadja Susana Mogyca; ROCHA, Patrícia Tironi; STRINGHINI, José Henrique; SCHAITL, Mônica; FORTES, Rogério Marques. Efeito do tipo de captura dos frangos de corte sobre a qualidade da carcaça. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 2, n. 2, p. 97-100, jul./dez. 2001. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/268/239>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1809-6891-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12371-
dc.description.abstractThis research was carried out to evaluate the influence of broiler catching on contusions and fracture in the carcass that was observed at the slaughter. Two kinds of catching were tested, by back and by the neck, in broilers at the 45 days of age. The results were analyzed by Qui square test using a 2 x 2 table of contingency. The results indicated that the number of contusions and fractures were higher in the flocks were the catching of broilers was accomplished by the neck.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.description.sponsorshipCNPqpt_BR
dc.description.sponsorshipCapespt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherJose Henrique Stringhinipt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectFrango de cortept_BR
dc.subjectCapturapt_BR
dc.subjectQualidade de carcaçapt_BR
dc.subjectBroilerpt_BR
dc.subjectCatchingpt_BR
dc.subjectQuality carcasspt_BR
dc.titleEfeito do tipo de captura dos frangos de corte sobre a qualidade da carcaçapt_BR
dc.title.alternativeEffect of broiler catching on carcass qualitypt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO experimento teve como objetivo avaliar a influência do tipo de captura de frango de corte sobre o número de contusões e fraturas hemorrágicas na carcaça, observadas no abatedouro. Utilizaram-se 10 lotes de 18.000 frangos, em granjas integradas. Testaram-se dois tipos de pega, pelo dorso e pelo pescoço, em frangos de corte com a idade média de abate de 45 dias. Foi aplicado o teste de Qui-Quadrado, usando-se a tabela de contigência 2x2. Os resultados demonstraram que o número de contusões e fraturas hemorrágicas foi significativamente maior nos lotes onde a captura das aves foi realizada pelo pescoço.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Nadja Susana Mogyca Lenandro - 2001.pdf16,73 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons