Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12597
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorNaves, Ronaldo Veloso-
dc.creatorRocha, Mara Rúbia da-
dc.creatorBorges, Jácomo Divino-
dc.creatorCarneiro, Iraídes Fernandes-
dc.creatorTiveron Filho, Domingos-
dc.creatorSouza, Eli Regina Barboza de-
dc.date.accessioned2017-10-13T15:09:17Z-
dc.date.available2017-10-13T15:09:17Z-
dc.date.issued1991-12-
dc.identifier.citationNAVES, Ronaldo Veloso; ROCHA, Mara Rúbia da; BORGES, Jácomo Divino; CARNEIRO, Iraídes Fernandes; TIVERON FILHO, Domingos; SOUZA, Eli Regina Barboza de. Avaliação da emergência de plântulas de espécies frutíferas nativas do cerrado goiano. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 21/22, n. 1, p. 133-141, jan./dez. 1991/92. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2610/2592>.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12597-
dc.description.abstractIn order to obtain preliminary infonnation aboul sexual prop.agation of some species of native &om "cerrado", this study was canied ou! in nursery conditions, at Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (Goiânia, Goiás, Brazil), from 1991 October 10 1992 February. The species studied aud their percentage of seedlings emergence obtained were: baru (Dypterix alaJa Vog.; Fabaceae) 68%, cajuzinho-do-cerrado (Anacardium otlwnianum Rizz.; Anacardiaceae) 38,67%; gabiroba herbácea (Camp0manesia sp; Myrtaceae) 95%; mama-cadela (Brosimum gaudidraudii Tré.c.; Moraceae) 71,25%; mangaba (llarconia speciosa Gomez; Apocynaceae) 45%; marmelada-de-cachorro [Alibertia edu/is (L. Rich.) A. Rich.; Rubiaceae] 75,71%. The behaviour of these specie indicates the viability of sexual propagationpt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherAntônio Henrique Garciapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleAvaliação da emergência de plântulas de espécies frutíferas nativas do cerrado goianopt_BR
dc.title.alternativeEvaluation of seedlings emergence of native fruits from "cerrado"pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoVisando obter informações preliminares sobre a propagação sexuada de algumas espécies frutíferas nativas do cerrado, realizou-se esse estudo no período de outubro de 1991 a fevereiro de 1992, em condições de viveiro, na Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (Goiânia, GO). As espécies estudadas e as melhores porcentagens de emergência de plântulas que respectivamente apresentaram foram baru (Dypterix alaUJ Vog.; Fabaceae) 68%; cajuzinho-do-cerrado (Anacardium othonianum Rizz.; Anacardiaceae) 38,67%; gabiroba herbácea ( Campomanesia sp, Myrtaceae) 95 %; marna­cadela (Brosimum gaudichaudii Tréc, Moraceae) 71,25%; mangaba (Harcornia speciosa Gomez; Apocynaceae) 45%, marmelada-de-cachorro [Alibertia edulis (L Rich.) A. Rich.; Rubiace.ae], 75,71 %. O comportamento dessas espécies indica a viabilidade de sua propagação sexuada.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi0100-218X-
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ronaldo Veloso Naves - 1991-1992.pdf239,46 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons