Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12765
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMatteucci, Magda Beatriz de Almeida-
dc.creatorGuimarães, Noga Neve Ribeiro-
dc.creatorTiveron Filho, Domingos-
dc.date.accessioned2017-11-08T10:38:07Z-
dc.date.available2017-11-08T10:38:07Z-
dc.date.issued1997-12-
dc.identifier.citationMATTEUCCI, Magda Beatriz de Almeida; GUIMARÃES, Noga Neve Ribeiro; TIVERON FILHO, Domingos. Utilização do teste de tetrazólio visando estimar a viabilidade de germinação da semente de pimenta-de-macaco -Xylopia aromática ( Lam.) Mart., annonaceae. Anais da Escola de Agronomia e Veterinária, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 43-47, jul./dez. 1997. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/pat/article/view/2968/3014>.pt_BR
dc.identifier.issn0100-218X-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12765-
dc.description.abstractThis study was carried'out to verify viability ofpimenta-de-macaco seeds using tetrazolic test. Seeds were evaluated in laboratory and sowed in seedlings. There was progressive failing in germination and vigour of seeds with increasing store time. After one year stored seeds were no more viable. Seeds evaluated by the vigour test showed potential viability, although in laboratory tests germination was 0,0%. Similar results in sowed seedlings indicates dormancy mechanism.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherAntônio Henrique Garciapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectXylopiapt_BR
dc.subjectDormênciapt_BR
dc.subjectSementept_BR
dc.subjectGerminaçãopt_BR
dc.subjectdormancypt_BR
dc.subjectSeedpt_BR
dc.subjectGerminationpt_BR
dc.titleUtilização do teste de tetrazólio visando estimar a viabilidade de germinação da semente de pimenta-de-macaco -Xylopia aromática ( Lam.) Mart., annonaceaept_BR
dc.title.alternativeUse of tetrazolic test in pimenta-de-macaco Xylopia aromatica ( Lam.) Mart. seedspt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA pesquisa foi realizada com o objetivo de obter informações sobre a viabilidade das sementes da pimenta-de-macaco através do teste de tetrazólio. Paralelamente aos testes, as sementes foram submetidas a germinação em laboratório e semeadas em viveiro. Observou-se uma queda progressiva no poder germinativo e no vigor das sementes na medida em que se aumentou o tempo de armazenamento até a completa inviabilidade, iniciando após o 13.º (décimo-terceiro) mês de armazenamento, sob condições controladas, câmara fria a 1 OºC e umidade relativa a 25 %. O experimento mostrou que as sementes submetidas ao teste de vigor estavam potencialmente viáveis, porém, quando submetidas ao teste de germinação em laboratório, o poder germinativo encontrado foi de 0,0%, resultado similar ao obtido na semeadura em viveiro, sugerindo um mecanismo de dormência.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Magda Beatriz de Almeida Matteucci - 1997.pdf189,72 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons