Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12825
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOliveira, João Ferreira de-
dc.creatorFerreira, Suely-
dc.date.accessioned2017-11-13T14:10:50Z-
dc.date.available2017-11-13T14:10:50Z-
dc.date.issued2008-12-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, João Ferrera de; FERREIRA, Suely. Concepção e funções sociais da universidade: o caso da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Série Estudos, Campo Grande, v. 26, p. 197-212, jul./dez. 2008.pt_BR
dc.identifier.issn1414-5138-
dc.identifier.issne- 2318-1982-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/12825-
dc.description.abstractThis study analyses and discusses the conception and social functions of the Universidade Estadual de Goiás (UEG), based on legal and institutional documents of the period of 1999-2006, articulated with the context of restructuring the higher education, State reform (in Brazil and in Goiás) and the globalization process of the capital. The research becomes evident that the conception of university and its social functions are not much clear for the UEG, even considering the expansion and the accentuated countryside movement that occurred through the offer of the graduation courses. The institution leads, moreover, with the ambiguity to live with the free and paid courses offer (sequential, graduation and specialization), due to the resources necessity for its maintenance and development.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectUniversidadept_BR
dc.subjectFunção socialpt_BR
dc.subjectReformapt_BR
dc.subjectUniversitypt_BR
dc.subjectSocial functionpt_BR
dc.subjectReformpt_BR
dc.titleConcepção e funções sociais da universidade: o caso da Universidade Estadual de Goiás (UEG)pt_BR
dc.title.alternativeConception and social functions of the university: tha Universidade Estadual de Goiás (UEG) casept_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO estudo analisa e discute a concepção e as funções sociais da Universidade Estadual de Goiás (UEG), tendo por base documentos legais e institucionais do período de 1999-2006, em articulação com o contexto da reestruturação da educação superior, da reforma do Estado (no Brasil e em Goiás) e do processo de mundialização do capital. A pesquisa evidencia que a UEG tem pouca clareza quanto à concepção de universidade e funções sociais, mesmo considerando a expansão e a interiorização acentuada ocorrida por meio da oferta de cursos de graduação. A instituição vive, além disso, a ambigüidade de conviver com a oferta de cursos gratuitos e pagos (seqüenciais, graduação e especialização), devido à carência de recursos para sua manutenção e desenvolvimento.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação - (FE)pt_BR
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - João Ferrera de Oliveira - 2008.pdf76,91 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons