Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13091
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Régis Henrique dos Reis-
dc.date.accessioned2017-12-07T10:25:36Z-
dc.date.available2017-12-07T10:25:36Z-
dc.date.issued2014-09-
dc.identifier.citationSILVA, Régis Henrique dos Reis. Contribuições da pedagogia histórico-crítica para a educação especial brasileira. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, v. 14, n. 58, p. 78-89, set. 2014.pt_BR
dc.identifier.issn1676-2584-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13091-
dc.description.abstractThis article discusses briefly the contributions of historical-critical pedagogy to the area of special education in Brazil and also demonstrates that the defense of knowledge socialization through of the school, to all people, including the disabled, is in line with the struggle class in a historical-philosophical and socio-political. To do so, first we will deal of the challenges of special education in contemporary Brazil. In the wakewe will discuss, from some of notes about the historical-critical pedagogy and cultural-historical psychology, his contributions to special education. Finally, we regain, from the above, the syntheses and articulations necessary to demonstrate that the defense of knowledge socialization through school to all people, including the disabled, is part of the class struggle, particularly that takes place in the educational context.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEducação especialpt_BR
dc.subjectPsicologia histórico- culturalpt_BR
dc.subjectPedagogia histórico-críticapt_BR
dc.subjectSpecial educationpt_BR
dc.subjectHistorical and critical pedagogypt_BR
dc.subjectCultural-historical psychologypt_BR
dc.titleContribuições da pedagogia histórico-crítica para a educação especial brasileirapt_BR
dc.title.alternativeContributions from the historical and critical pedagogy for special education brazilianpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste texto discute sucintamente as contribuições da pedagogia histórico-crítica para a área de educação especial brasileira e também demonstra que a defesa da socialização do conhecimento, por meio da escola, a todas as pessoas, inclusive aos deficientes, está em consonância com a luta de classes em uma perspectiva histórico-filosófica e político-social. Para tanto, primeiramente trataremos dos desafios da educação especial brasileira na contemporaneidade. Na sequência, abordaremos, a partir de alguns apontamentos sobre a pedagogia histórico-crítica e psicologia histórico-cultural, suas contribuições para a educação especial. Por fim, recuperaremos, a partir do exposto, as sínteses e articulações necessárias para demonstrar que a defesa da socialização do conhecimento por meio da escola a todas as pessoas, inclusive aos deficientes, faz parte da luta de classes, particularmente a que se realiza no âmbito educacional.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.20396/rho.v14i58.8640380-
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação - (FE)pt_BR
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Régis Henrique dos Reis Silva - 2014.pdf194,05 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons