Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13112
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPinto, Rubia-Mar Nunes-
dc.date.accessioned2017-12-07T14:24:59Z-
dc.date.available2017-12-07T14:24:59Z-
dc.date.issued2012-08-
dc.identifier.citationPINTO, Rubia-Mar Nunes. Escolas e cidades do sertão (1933-1945): espaço, endereço e arquitetura. Revista Brasileira de História da Educação, Campinas, v. 12, n. 2, p. 107-138, maio/ago. 2012.pt_BR
dc.identifier.issne- 2238-0094-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13112-
dc.description.abstractThe text goal is to approach, as discourse of modernity in Goiás state, the conformation of the architectural and urban materiality of schools of the capital, Goiânia, at the moment the city was planned, built and occupied. We used cartographic, textual, iconographic and oral sources to analyze the urban fabric of the capital city and to find space, address and architecture of the schools. The theoretical dialogue is established with historians of the brazilian education that deal with relations between the urban and schools and the authors engaged in demonstrate how the discourse constitutes meanings about the city. The findings point to the role of schools in the project of modernity that was under way in Goiás and to the relevance of school materiality in the making of the urban culture of Goiânia.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCidadept_BR
dc.subjectEndereçopt_BR
dc.subjectEscolapt_BR
dc.subjectMapa urbanopt_BR
dc.subjectArquiteturapt_BR
dc.subjectCitypt_BR
dc.subjectSchoolpt_BR
dc.subjectUrban mappt_BR
dc.subjectAddresspt_BR
dc.subjectArchitecturept_BR
dc.titleEscolas e cidades do sertão (1933-1945): espaço, endereço e arquiteturapt_BR
dc.title.alternativeSchools and cities from sertão (1933-1945): space, address and architecturept_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO objetivo deste texto é abordar, como discurso da modernidade no estado de Goiás, a conformação da materialidade arquitetônica e urbanística das escolas de sua capital, Goiânia, no momento em que a cidade era planejada, construída e ocupada. Fez-se uso de fontes cartográficas, textuais, iconográficas e orais para analisar a tessitura urbana da cidade-capital e localizar espaço, endereço e arquitetura das escolas. O diálogo teórico dá-se com historiadores da educação brasileira que tratam as relações entre o urbano e o escolar e autores empenhados em demonstrar como o discurso constitui sentidos sobre a cidade. As conclusões sinalizam para o papel da escola no projeto de modernidade em curso em Goiás e para a relevância da materialidade escolar na forja da cultura urbana de Goiânia.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação - (FE)pt_BR
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rubia-Mar Nunes Pinto - 2012.pdf470,94 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons