Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13171
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorZanolla, Silvia Rosa da Silva-
dc.date.accessioned2017-12-13T12:26:27Z-
dc.date.available2017-12-13T12:26:27Z-
dc.date.issued2014-12-
dc.identifier.citationZANOLLA, Silvia Rosa da Silva. Teoria crítica e pós-modernidade: obstaculização histórica e assujeitamento adialético. Impulso, Piracicaba, v. 24, n. 61, p. 155-166, set.-dez. 2014.pt_BR
dc.identifier.issne- 2236-9767-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13171-
dc.description.abstractThe postmodern culture reaches the world stage around the 1940s, triggering a complex and controversial mo- vement, especially in the world of culture and knowledge pro- duction. However, its dimension reaches the society as a whole, shifting the problem to the field of politics, basically coinciding, in temporal terms, with the emergence of neoliberal ideology. This historical fact justifies its examination having as a basic input the Frankfurt School’s critical theory, especially that of Herbert Marcuse. The statutes governing the postmodern theory are cri- tical elements of analysis in this paper, which elects as medullary concepts the anti-historicism, the pseudo-criticism, and the crisis of reason.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPós-modernidadept_BR
dc.subjectTeoria crítica marcuseanapt_BR
dc.subjectIrracionalismopt_BR
dc.subjectCrise do iluminismopt_BR
dc.subjectPost-modernitypt_BR
dc.subjectMarcusean critical theorypt_BR
dc.subjectIrrationalismpt_BR
dc.subjectCrisis of illuminismpt_BR
dc.titleTeoria crítica e pós-modernidade: obstaculização histórica e assujeitamento adialéticopt_BR
dc.title.alternativeCritical theory and post-modernity: historical hindering and non-dialectical subjectionpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA cultura pós-moderna comparece ao cenário mundial por volta da década de 1940, desencadeando um movimento complexo e polêmico, sobretudo no universo da cultura e da produção do conhecimento. Não obstante, sua dimensão atinge a sociedade como um todo, deslocando a problemática para o campo da política, fundamentalmente coincidindo, em termos temporais, com a emergência da ideologia neoliberal. Esse dado histórico justifica sua análise tendo como aporte basilar a teoria crítica frankfurtiana, sobretudo de Herbert Marcuse. Os precei- tos que regem a teoria pós-moderna são elementos de análise crítica neste trabalho, que elege como conceitos medulares o anti-historicismo, a pseudocrítica e a crise da razão.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.15600/2236-9767/impulso.v24n61p155-166-
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação - (FE)pt_BR
Aparece nas coleções:FE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Silvia Rosa da Silva Zanolla - 2014.pdf334 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons