Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13445
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorArrais, Cristiano Alencar-
dc.date.accessioned2018-01-17T12:41:49Z-
dc.date.available2018-01-17T12:41:49Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationARRAIS, Cristiano Alencar. A construção de Belo Horizonte e o projeto de memória de Aarão Reis. Diálogos, Maringá, v. 14, n. 3, p. 579-603, 2010.pt_BR
dc.identifier.issne- 2177-2940-
dc.identifier.issn1415-9945-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13445-
dc.description.abstractThis article aims to analyze the memory project organized by Aarão Reis when he led the New Minas Gerais State Capital Building Commission. The term memory project seeks to identify the interest and effort in constructing and preserving a given meaning of the present, for future generations, which manifested itself in a careful archiving and monumentalization of all sorts of remains capable of recording the importance of that event for history. The project directed its attention specifically to the instruments and supports that based the form of representation of temporal experience of individuals. In this particular case, three elements stand out: the preservationist interest, monumentalist interest, and the association of the images of Aarão Reis and Belo Horizonte.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBelo Horizontept_BR
dc.subjectHistória urbanapt_BR
dc.subjectRepresentação do tempopt_BR
dc.subjectBelo Horizontept_BR
dc.subjectRepresentation of timept_BR
dc.subjectUrban historypt_BR
dc.titleA construção de Belo Horizonte e o projeto de memória de Aarão Reispt_BR
dc.title.alternativeThe construction of Belo Horizonte and the Aarão Reis memory projectpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste artigo procura analisar o projeto de memória elaborado por Aarão Reis, no período em que esteve à frente da Comissão Construtora da Nova Capital de Minas Gerais. O termo “Projeto de memória” procura identificar o interesse e empenho em construir e preservar determinado significado do presente para as gerações futuras, o que se manifestou num cuidadoso processo de arquivamento e monumentalização de todos os tipos de vestígios capazes de registrar a importância daquele evento para a história. Tal projeto direcionou sua atenção especificamente para os instrumentos e suportes que fundamentaram a forma de representação da experiência temporal dos indivíduos. Destacaram-se, neste caso, três elementos: o interesse preservacionista, o interesse monumentalizador e a associação entre a imagem de Aarão Reis e a de Belo Horizonte.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de História - FH (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FH - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cristiano Alencar Arrais - 2010.pdf572 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons