Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13522
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorFredrigo, Fabiana de Souza-
dc.date.accessioned2018-01-25T11:10:12Z-
dc.date.available2018-01-25T11:10:12Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationFREDRIGO, Fabiana de Souza. Passados recontados e futuros possíveis: considerações sobre a narrativa autobiográfica de Francisco de Paula Santander. Dimensões: revista de história da UFES, Vitória, v. 28, p. 270-295, 2012.pt_BR
dc.identifier.issne- 2179-8869-
dc.identifier.issn1517-2120-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13522-
dc.description.abstractThis paper deals with the presentation and analysis of autobiographical piece entitled Apuntamientos para las memórias sobre Colombia y la Nueva Granada, which is incorporated to the publication Memorias del General Santander. This publication has two autobiographical pieces, one written in 1829 and another in 1837. In this article, I will focus only the writing of 1837, however, it will be compared with the narrative of 1829 when necessary. My main intention is to examine the means by which a community is built among the independentist generals - so the relationship between Francisco de Paula Santander and Simon Bolivar substantiate the analysis.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAmérica Latinapt_BR
dc.subjectHistóriapt_BR
dc.subjectMemóriapt_BR
dc.subjectLatin Americapt_BR
dc.subjectHistorypt_BR
dc.subjectMemorypt_BR
dc.titlePassados recontados e futuros possíveis: considerações sobre a narrativa autobiográfica de Francisco de Paula Santanderpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste artigo trata da apresentação e análise da peça autobiográfica intitulada Apuntamientos para las memórias sobre Colombia y la Nueva Granada, que se encontra incorporada à publicação denominada Memorias del General Santander. Essa publicação conta com duas peças autobiográficas, uma escrita em 1829 e outra em 1837. Enfocarei, neste artigo, apenas o escrito de 1837, contudo, o compararei com a narrativa de 1829, quando considerar necessário. Minha pretensão principal é a de examinar os meios pelos quais se edificou uma comunidade entre os generais independentistas – assim, a relação entre Francisco de Paula Santander e Simón Bolívar fundamentará a análise.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de História - FH (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FH - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Fabiana de Souza Fredrigo - 2012.pdf420,24 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons