Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13931
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Weliton José da-
dc.creatorNogueira, Ina de Souza-
dc.creatorSouza, Maria da Graça Machado-
dc.date.accessioned2018-03-13T15:28:35Z-
dc.date.available2018-03-13T15:28:35Z-
dc.date.issued2011-06-
dc.identifier.citationSILVA, Weliton José da; NOGUEIRA, Ina de Souza; SOUZA, Maria das Graça Machado de. Catálogo de diatomáceas da região Centro-Oeste brasileira. Iheringia, Série Botânica, Porto Alegre, v. 66, n. 1, p. 61-86, jun. 2011.pt_BR
dc.identifier.issn2446-8231-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/13931-
dc.description.abstractWe present a the survey of research on diatom taxa from the Brazilian Central-Western region, indicating priority areas for the study of these organisms. We registered 38 studies (16 dissertations/ theses, one report, 19 studies in periodicals and two book chapters) during the period from 1970 to 2009. Sixty-four genera and 503 specifi c and infraspecifi c taxa were reported. The most representative genus was Eunotia (81 taxa) and the most cited genus was Navicula (105 places). Ulnaria ulna was the most cited species (57 citations). Goiás was the richest Federal Unit with about 377 specifi c and infraspecifi c taxa, followed by the Federal District (219). Mato Grosso and Mato Grosso do Sul presented the lowest number of taxa (22 and 10, respectively); due to the scarce number of studies on diatoms in this region, this region should be regarded as a priority region on the biodiversity of these organisms.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBacillariophytapt_BR
dc.subjectBiodiversidadept_BR
dc.subjectConservaçãopt_BR
dc.subjectBacillariophytapt_BR
dc.subjectBiodiversitypt_BR
dc.subjectConservationpt_BR
dc.titleCatálogo de diatomáceas da região Centro-Oeste brasileirapt_BR
dc.title.alternativeDiatom Catalog from the Central-Western region of Brazilpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoSão apresentados o levantamento das pesquisas e táxons de diatomáceas da região Centro-Oeste brasileira, indicando áreas prioritárias para os estudos desses organismos. Foram registrados 38 trabalhos (16 dissertações/teses, um relatório ambiental, 19 publicações em periódicos e dois capítulos de livros) no período de 1970 a 2009. Registrou-se 64 gêneros e 503 táxons específi cos e infraespecífi cos. O gênero mais representativo em número de táxons foi Eunotia (81 táxons) e o mais citado foi Navicula (105 localidades). Ulnaria ulna foi a espécie com maior número de citações (57 citações). Goiás foi a Unidade da Federação mais rica em número de táxons (377 táxons específi cos e infraespecífi cos), seguida do Distrito Federal (219). Mato Grosso e Mato Grosso do Sul apresentaram baixo número de táxons (22 e 10, respectivamente) devido à escassez de trabalhos sobre diatomáceas para a região, sendo portanto, consideradas áreas prioritárias para estudos sobre a biodiversidade desses organismos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Weliton José da Silva - 2011.pdf4,01 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons