Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14462
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Cláudio Ricardo da-
dc.creatorSilva, Valdiney José da-
dc.creatorAlves Júnior, José-
dc.creatorCarvalho, Hudson de Paula-
dc.date.accessioned2018-04-12T11:56:07Z-
dc.date.available2018-04-12T11:56:07Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationSILVA, Cláudio R. da; SILVA, Valdiney J. da; ALVES JÚNIOR, José; CARVALHO, Hudson de P. Radiação solar estimada com base na temperatura do ar para três regiões de Minas Gerais. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 16, n. 3, p. 281-288, 2012.pt_BR
dc.identifier.issn1415-4366-
dc.identifier.issne- 1807-1929-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14462-
dc.description.abstractThe incident solar radiation (R s ) is an important variable in agricultural studies, particularly for the estimation of evapotranspiration and yield models. However, its measurement is not commonly performed in conventional meteorological stations. The aim of this study was to evaluate nine empirical models to estimate R s from the temperature for the Metropolitan, Vale do Rio Doce and Zona da Mata areas in Minas Gerais State, Brazil. The models used were Hargreaves, Annandale, Chen, Bristow & Campbell, Donatelli & Campbell and Hunt. Data used were obtained by R s daily automatic weather stations installed in these regions and belonging to Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). For all models local calibration coefficients were derived. The performance of each method was evaluated using the following statistical indicators: coefficient of determination (R 2 ), root mean square error (RMSE), mean bias error (MBE) and test-t. The little difference between the models evaluated suggests that any of these models may be used. However, given the simplicity, performance and significance, the model of Hargreaves, calibrated and with two coefficients, is the most suitable for estimating incident solar radiation.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCalibraçãopt_BR
dc.subjectHargreavespt_BR
dc.subjectEquações empíricaspt_BR
dc.subjectBristow-Campbellpt_BR
dc.subjectCalibrationpt_BR
dc.subjectBristow-Campbellpt_BR
dc.subjectHargreavespt_BR
dc.subjectEmpirical equationspt_BR
dc.titleRadiação solar estimada com base na temperatura do ar para três regiões de Minas Geraispt_BR
dc.title.alternativeEstimation of solar radiation by air temperature models for three regions of Minas Geraispt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA radiação solar incidente (R s ) é uma variável importante em estudos agrícolas, particularmente para a estimativa da evapotranspiração e em modelos para produtividade. Entretanto, sua medição não é, em geral, realizada em estações meteorológicas convencionais. O objetivo deste trabalho foi avaliar nove modelos empíricos de estimativa de R s , a partir da temperatura, para as regiões Metropolitana, Vale do Rio Doce e Zona da Mata em Minas Gerais. Dados de R s diários foram obtidos por estações meteorológicas automáticas instaladas nessas regiões e pertencentes ao Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Para todos os modelos foram gerados coeficientes locais de calibração. O desempenho de cada método foi avaliado através dos seguintes indicadores: coeficiente de determinação (R 2 ), raiz quadrada do quadrado médio do erro (RQME), erro médio (EM) e teste t. A pequena diferença entre os modelos avaliados indica que qualquer um desses modelos é passível de utilização mas, dado à simplicidade, desempenho e significância, o modelo de Hargreaves, calibrado e com dois coeficientes, é o mais aplicável para estimar a radiação solar incidente.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/S1415-43662012000300008-
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia - EA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cláudio Ricardo da Silva - 2012.pdf2,67 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons