Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15438
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSena, Custódia Selma-
dc.date.accessioned2018-07-20T11:16:21Z-
dc.date.available2018-07-20T11:16:21Z-
dc.date.issued1998-06-
dc.identifier.citationSENA, Custódia Selma. A categoria sertão: um exercício de imaginação antropológica. Sociedade e Cultura, Goiânia, v. 1, n. 1, jan./jun. 1998. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/fchf/article/view/1776/2137>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1415-8566-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15438-
dc.description.abstractThe starting point of this article is the recurrence of the notion of sertão in Brazilian cultural production since the advent of the Republic, identifying the many meanings attributed to that term in literature, plastic arts, music, movie, oral history and scientific thought. Simultaneously described as geographic space, time, form of social organization, cluster of cultural characteristics, symbolic locus of nationality, etc., sertão should be understood, for the author, as a category of collective thought. As such, it is situated in the unconscious and it is characterized by a surplus of crucial signification for the comprenhension ofthe process ofideological construction ofBrazil.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherHorácio Gutiérrezpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleA categoria sertão: um exercício de imaginação antropológicapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO ponto de partida do artigo é a recorrência da noção de sertão na produção cultural brasileira desde o advento da República, procurando identificar os múltiplos significados atribuídos àquele termo na literatura, nas artes plásticas, na música, no cinema, na história oral e no pensamento científico. Simultaneamente descrito como um espaço geográfico, como um tempo, como uma forma de organização social, como um conjunto de características culturais, como um /ocus simbólico de nacionalidade, etc, o sertão deveria ser entendido, na reivindicação da autora, como uma categoria de pensamento coletivo, situada no plano do inconsciente e caracterizada por um excedente de significação crucial para a compreensão do processo de construção ideológica do Brasil.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/sec.v1i1.1776-
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Custódia Selma Sena - 1998.pdf760,33 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons