Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16961
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCunha, Cleyzer Adrian-
dc.creatorScalco, Paulo Roberto-
dc.date.accessioned2019-02-04T13:46:11Z-
dc.date.available2019-02-04T13:46:11Z-
dc.date.issued2013-08-
dc.identifier.citationCUNHA, Cleyzer Adrian da; SCALCO, Paulo Roberto. Crescimento econômico brasileiro e emissão de CO2. Redes. Revista do Desenvolvimento Regional, Santa Cruz do Sul, v. 18, n. 2, p. 214-230, maio/ago. 2013.pt_BR
dc.identifier.issne- 1982-6745-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16961-
dc.description.abstractThe objective of paper is verifying empirically the relationship between GDP per capita and CO2 emissions in Brazil in the period 1980-2006. The scope of work was limited to this natural resource due to its role in economic activity, as an important input in the production process in the Brazilian energy matrix. Among the main results is that there is a long-term relationship and simultaneous causality between variables and GDP per capita CO2 emissions. This evidence, coupled with the fact that the series used were not stationary in level, impossible to estimate the Environmental Kuznets Curve (EKC), which is the main theoretical basis used in empirical work related to the theme. The VAR / VEC has been estimated and found elasticity between economic growth and CO2 emission was 7.32, ie, in the long run, we can infer that an increase of 1% in GDP per capita increases by 7, 32% CO2 emissions.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCurva de kuznets ambientalpt_BR
dc.subjectCrescimento econômico e emissãopt_BR
dc.subjectEnvironmental kuznets curvept_BR
dc.subjectEconomic growth and emissionspt_BR
dc.titleCrescimento econômico brasileiro e emissão de CO2pt_BR
dc.title.alternativeBrazilian economic growth and the emission OF CO2pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO objetivo deste trabalho é verificar empiricamente a relação entre o produto per capita e a emissão de CO2 no Brasil no período de 1980 a 2006. O escopo do trabalho se restringiu a este recurso natural devido ao seu papel para a atividade econômica, como importante insumo no processo produtivo na matriz energética brasileira. Dentre os principais resultados, destaca-se que existe uma relação de longo prazo e de causalidade simultânea entre as variáveis PIB per capita e emissão de CO2. Essa evidência, somada ao fato de que as séries utilizadas não eram estacionárias em nível, impossibilitou estimar a Curva de Kuznets Ambiental (EKC), que é a principal base teórica utilizada nos trabalhos empíricos relacionados ao tema. Nesse sentido, um modelo VAR/VEC foi estimado e a elasticidade encontrada entre crescimento econômico e emissão de CO2 foi de 7,32, ou seja, no longo prazo, podemos inferir que um aumento de 1% no PIB per capita eleva em 7,32%, as emissões de CO2 decorrentes da utilização de petróleo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.17058/redes.v18i2.2584-
dc.publisher.departmentEscola de Agronomia e de Engenharia de Alimentos - EA (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Cleyzer Adrian da Cunha - 2013.pdf318,83 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons