Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17206
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPrado, Coraci Helena do-
dc.date.accessioned2019-03-01T13:47:33Z-
dc.date.available2019-03-01T13:47:33Z-
dc.date.issued2007-07-
dc.identifier.citationPRADO, Coraci Helena do. A aula de leitura e a constituição do sujeito-leitor. Itinerarius Reflectionis, Jataí, v. 1, n. 3, jan./jul. 2007. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/20413/19166>.pt_BR
dc.identifier.issne- 1807-9342-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17206-
dc.description.abstractThis essay presents some reflections on the reading lesson as the space that constitutes the subject-reader, guided by the French Discourse Analysis postulates, especially by the concepts of Pêcheux and Foucault on discourse, subject and meaning; by the bakhtinian concept of dialogism; and also by the works of Orlandi who, assuming the same part taken here of the discourse theory, approach the reading. The reflections are oriented, too, by the following questions: “Does school provide students conditions for them to produce comprehension?”, or “Do the reading lessons provide students conditions for them to turn themselves into subject-readers?”, this study suggests the possibility of the subject-reader’s constitution in the reading lesson, as far as the authoritative discourse of school, which disarticulates the interlocution, is changed into a discourse that, considering the essentially historical and ideological character of language, opens the possibility of the multiple experiences offered by reading.pt_BR
dc.description.sponsorshipUFGpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherJosé Sílvio Oliveirapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectDiscursopt_BR
dc.subjectAula de leiturapt_BR
dc.subjectSujeito-leitorpt_BR
dc.subjectDiscoursept_BR
dc.subjectReading lessonpt_BR
dc.subjectSubject-readerpt_BR
dc.titleA aula de leitura e a constituição do sujeito-leitorpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste ensaio apresenta algumas reflexões acerca da aula de leitura como espaço constitutivo do sujeito-leitor, orientadas pelos postulados da Análise do Discurso de origem francesa, especialmente pelos conceitos de Pêcheux e Foucault acerca de discurso, sujeito e sentido; pelo conceito bakhtiniano de dialogismo; e ainda pelos trabalhos de Orlandi que, fazendo o mesmo recorte que aqui se faz da teoria discursiva, abordam a leitura. Orientado ainda pelas seguintes questões: “A escola propicia ao aluno condições para que ele produza a compreensão?”, ou “As aulas de leitura propiciam ao aluno condições para que ele se constitua sujeito-leitor?”, este estudo sugere ser possível a constituição do sujeito-leitor na aula de leitura, desde que se transforme o discurso autoritário da escola, que desarticula a interlocução, em um discurso que, considerando o caráter essencialmente histórico-ideológico da linguagem, abra a possibilidade das múltiplas experiências que a leitura favorece.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.5216/rir.v1i3.210-
dc.publisher.departmentRegional Jataí (RJ)pt_BR
Aparece nas coleções:RJ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Coraci Helena do Prado - 2007.pdf153,79 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons