Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17595
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Rodrigo Salustiano Corrêa e-
dc.creatorÁvila, Marcos Pereira de-
dc.creatorPaula, Alcio Coutinho de-
dc.creatorMoraes Filho, Leiser Franco de-
dc.creatorRassi, Bruna Thome-
dc.date.accessioned2019-06-03T15:54:34Z-
dc.date.available2019-06-03T15:54:34Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.citationSILVA, Rodrigo Salustiano Corrêa e et al. Eficácia do uso intraoperatório de mitomicina C na cirurgia do pterígio: análise de 102 casos. Revista Brasileira de Oftalmologia, Rio de Janeiro, v. 71, n. 2, p. 84-88, 2012.pt_BR
dc.identifier.issn0034-7280-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17595-
dc.description.abstractPurpose: Measure of efficacy and the security of intraoperative of mitomycin C (MMC) in the pterygium surgery. Methods: Realized prospective analysis of 102 patients (204 eyes) divided in two groups submitted intraoperative MMC 0.02 % for 2 minutes or saline solution 0.9%. The patients were available in 1o, 7 o, 21o, 30o, 60o and 90o days of postoperative. Results: The pterygium was more prevalence in females (58,33%). The age various 33 to 69 years. The recidive (9) was in the 90o PO in the group of MMC. In the control group was identificated two recidives in 60 days. The complications found in MMC group were: ceratitis, lips edema, dehiscence of suture, ischemia, granuloma, corneal dellen and simblefaro. Conclusion: The use of MMC was useful in reducing the rate of recurrence in pterygium compared to the use of saline solution, but its harmful effects must always be evaluated.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMitomicina/administração & dosagempt_BR
dc.subjectGranulomapt_BR
dc.subjectConjuntivapt_BR
dc.subjectPterígio/cirurgiapt_BR
dc.subjectMitomycin/administration & dosagept_BR
dc.subjectCórneapt_BR
dc.subjectPterygium/surgerypt_BR
dc.subjectGranulomapt_BR
dc.subjectConjunctivapt_BR
dc.titleEficácia do uso intraoperatório de mitomicina C na cirurgia do pterígio: análise de 102 casospt_BR
dc.title.alternativeEficacy of intraoperative use of mitomycin C pterygium surgery: analysis of 102 casespt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoObjetivo: Avaliar a eficácia e a segurança do uso intraoperatório da mitomicina C (MMC) no tratamento cirúrgico do pterígio. Métodos: Estudo de 102 pacientes (204 olhos) divididos em dois grupos, e submetidos a exérese do pterígio com rotação de retalho conjuntival e aplicação intra-operatória de MMC 0,02% por 2 minutos e a mesma técnica utilizando solução salina a 0,9% (grupo controle). Os pacientes foram avaliados no 1o, 7 o, 21o, 30o, 60o e 90o dia de pós-operatório (PO). Resultados: Houve um maior acometimento do pterígio no sexo feminino (59,9%). A idade variou entre 33 a 69 anos. As recidivas (9) no no grupo MMC foram identificadas no 90o PO. No grupo controle foi identificado 18 recidivas em 60 dias de pós-operatório. As complicações identificadas no grupo da MMC foram: ceratite, edema de pálpebra, deiscência de sutura, isquemia, granuloma, corneal dellen e simbléfaro. Conclu- são: O uso da MMC foi útil na redução da taxa de recidiva do pterígio, comparada ao uso de solução salina, porém seus efeitos deletérios devem sempre ser avaliados.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/S0034-72802012000200003-
dc.publisher.departmentFaculdade de Medicina - FM (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Rodrigo Salustiano Correa e Silva - 2012.pdf75,89 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons