Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17903
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCarneiro, Juliana Alves-
dc.creatorSilva, Maria Sebastiana-
dc.creatorVieira, Marcus Fraga-
dc.date.accessioned2019-08-09T15:54:08Z-
dc.date.available2019-08-09T15:54:08Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationCARNEIRO, J. A.; SILVA, M. S.; VIEIRA, M. F. Efeitos do método pilates e do treinamento com pesos na cinemática da marcha de mulheres obesas. Brazilian Journal of Biomechanics, São Paulo, v. 9, n. 18, p. 33-47, 2009.pt_BR
dc.identifier.issn1983-2710-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17903-
dc.description.abstractThis study analyzed the effectiveness of two programs of physical exercises (Pilates and weight training) and nutritional orientation in the kinematics gait of obese women. For twelve weeks, a group of nine obese women participated in a program of aerobic exercises and Pilates method and another group of nine obese women participated in a program of aerobic exercises and weight training. Both groups participated of nutritional orientation. The exercise training lasted sixty minutes, three times a week. The gait kinematics was collected through four cameras at 60 Hz. The images were digitalized using Kwon3D software which provided the gait descriptive kinematics variables. The body mass index (BMI), the six-minute walk test, the stand- up test and the sit-and-reach test were also evaluated. There was significant reduction of the BMI, significant improvement in all tests of functional physical capacity as well as in the gait angular variables after twelve weeks in the two groups. The group which trained with weights showed a significant increase in the gait speed, cadence, the stride length, the step length and also a significant decrease on the stride time and on the simple stance phase time. We have concluded that the two programs were efficient in promoting a reduction of the BMI and improvement of the functional physical capacity. The program with weight training was more effective in positively altering the kinematic variables which increased the dynamic stability of the gait in obese women.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectObesidadept_BR
dc.subjectEstabilidade dinâmicapt_BR
dc.subjectExercício resistidopt_BR
dc.subjectPilatespt_BR
dc.subjectObesitypt_BR
dc.subjectDynamic stabilitypt_BR
dc.subjectResistance exercisept_BR
dc.subjectPilatespt_BR
dc.titleEfeitos do método pilates e do treinamento com pesos na cinemática da marcha de mulheres obesaspt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste estudo avaliou a efetividade de dois programas de exercícios físicos (Pilates e Treinamento com pesos), associado à orientação nutricional, na cinemática da marcha de mulheres obesas. Durante 12 semanas, um grupo de nove mulheres obesas participou de um programa de exercícios aeróbicos e método pilates e outro grupo de nove mulheres obesas participou de um programa de exercícios aeróbicos e treinamento com pesos. Os dois grupos receberam orientação nutricional. As sessões de exercícios foram de 60 minutos, três vezes por semana. A cinemática da marcha foi analisada por meio da cinemetria utilizando 4 câmeras operando a 60 Hz. O movimento foi reconstruído computacionalmente por meio do software Kwon 3D, que forneceu as variáveis cinemáticas descritivas da marcha. Foram também avaliados: o índice de massa corporal (IMC), o teste da caminhada de 6 minutos, o teste de levantar-se da cadeira e o teste de sentar e alcançar. Houve significativa redução do IMC, significativa melhora dos índices dos testes de capacidade física funcional e das variáveis angulares da marcha, após 12 semanas nos dois grupos. O grupo Treinamento com pesos apresentou significativo aumento da velocidade, da cadência, do comprimento da passada e do passo e significativa diminuição do tempo da passada e do tempo de apoio simples. Concluí-se que os dois programas promoveram a redução do IMC e melhoraram a capacidade física funcional. O programa que inclui o Treinamento com pesos, porém, foi mais efetivo em alterar positivamente as variáveis cinemáticas que aumentam a estabilidade dinâmica da marcha das mulheres obesas.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Educação Física e Dança - FEFD (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Juliana Alves Carneiro - 2009.pdf359,3 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons