Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18510
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMoreira, Jório Alex Pinto-
dc.creatorAmaral Filho, Waldemar Naves do-
dc.creatorAmaral, Mara Sandra Coelho Bezerra do-
dc.creatorAmaral, Waldemar Naves do-
dc.date.accessioned2020-01-14T15:54:18Z-
dc.date.available2020-01-14T15:54:18Z-
dc.date.issued2013-09-
dc.identifier.citationMOREIRA, Jorio Alex Pinto et al. Ultrassom na doença coronariana. RBUS: revista brasileira de ultra-sonografia, Goiânia, v. 15, p. 11-18, 2013.pt_BR
dc.identifier.issn0034-9585-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18510-
dc.description.abstractObjective: To evaluate the use of ultrasound as a diagnostic and adjunct tool in coronary artery disease. Methods: We searched the database BVS with the following keywords: ultrasound and coronary heart disease. Of the 816 articles retrieved, 19 were selected to compose this review. An article found on a specialized site was also added. Results : The use of ultrasound in coronary disease may predict or prevent acute events as well as being an adjunct to therapeutic procedures. The vascular ultrasound is a great technique for quantification of luminal area, the volume and size of the board. Due to the high cost, risk of stroke and other complications, the exclusive use of noninvasive tests have been advocated. Conclusion: Despite the range of possibilities, ultrasound cannot diagnose early events and plaque vulnerabilitypt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectUltrassonografiapt_BR
dc.subjectPrevençãopt_BR
dc.subjectDoença coronarianapt_BR
dc.subjectDiagnósticopt_BR
dc.subjectUltrasonographypt_BR
dc.subjectPreventionpt_BR
dc.subjectCoronary diseasept_BR
dc.subjectDiagnosispt_BR
dc.titleUltrassom na doença coronarianapt_BR
dc.title.alternativeUltrasound in the coronary diseasept_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoObjetivo: Avaliar a utilização do ultrassom como método diagnóstico e coadjuvante na doença arterial coronariana. METODOLOGIA: Foi pesquisada a base de dados BVS com os seguintes descritores: ultrassonografia e doença coronariana. Dos 816 artigos recuperados, foram selecionados 19 para comporem esta revisão. Um artigo encontrado em um site especializado também foi acrescentado. Resultados : A utilização do ultrassom na doença coronariana pode prever ou evitar eventos agudos bem como ser adjuvante em procedimentos terapêuticos. O ultrassom vascular é uma ótima técnica para quantificação da área luminal, do volume e do tamanho da placa. Devido ao alto custo, risco de acidente vascular cerebral e outras complicações, o uso exclusivo de exames não invasivos tem sido defendido. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A ultrassonografia coronariana é útil na identificação direta de espessamento da íntima e da média como camadas arteriais, além da identificação das placas de ateromas luminais e sub- endoteliais.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Medicina - FM (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Jorio Alex Pinto Moreira - 2013.pdf204,64 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons