Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18674
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorGuimarães, Maria Severina Batista-
dc.creatorCamargo, Goiandira de Fátima Ortiz-
dc.date.accessioned2020-02-13T10:25:03Z-
dc.date.available2020-02-13T10:25:03Z-
dc.date.issued2014-07-
dc.identifier.citationGUIMARÃES, Maria Severina Batusta; CAMARGO, Goiandira Ortiz de. Adélia Prado e a poética da ressalva. Diadorim, Rio de Janeiro, v. 15, p. 77-93, jul. 2014.pt_BR
dc.identifier.issne- 1980-2552-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18674-
dc.description.abstractThe recurrence with an author uses certain stylistic resources to features to incorporate in your language experience is its poetics. In Adelia Prado, the most recurring themes of his work have already been well explored by critical, considering that it is a very well read poet and studied in academia. The study that we present in this article is intended to be one more contribution to its critical fortune, highlighting an important issue that permeates throughout its theme: the recurrence with the poet uses the adversative connectives, but mostly, what gives his poetry one sense of caveat, meaning of redemption of thefeminine condition.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPoéticapt_BR
dc.subjectCondição femininapt_BR
dc.subjectExperiênciapt_BR
dc.subjectDiscursopt_BR
dc.subjectPoetrypt_BR
dc.subjectWomanhoodpt_BR
dc.subjectExperiencept_BR
dc.subjectSpeechpt_BR
dc.titleAdélia Prado e a poética ressalvapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA recorrência com que um autor utiliza certos recursos estilísticos para transpor em linguagem sua experiência constitui um dos aspectos de sua poética. Em Adélia Prado, os temas mais recorrentes de sua obra já foram bastante explorados pela crítica, considerando que se trata de uma poeta bastante lida e muito estudada nos meios acadêmicos. O estudo que ora apresentamos nesse artigo pretende ser mais uma contribuição para sua fortuna crítica, ressaltando um aspecto relevante que perpassa por toda sua temática: a recorrência com que a poeta utiliza os conectivos adversativos, principalmente o mas, o que dá a sua poesia um sentido de ressalva, uma forma de redenção da condição feminina.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.35520/diadorim.2014.v15n0a4018-
dc.publisher.departmentEscola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EMAC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Maria Severina Batista Guimarães - 2014.pdf633,92 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons