Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18876
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSoares, Érika Fernandes-
dc.creatorReis, Sandra Cristina Guimarães Bahia-
dc.creatorFreire, Maria do Carmo Matias-
dc.date.accessioned2020-03-20T15:11:52Z-
dc.date.available2020-03-20T15:11:52Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationSOARES, Érika Fernandes; REIS, Sandra Cristina Guimaraes Bahia; FREIRE, Maria do Carmo Matias. Percepção dos trabalhadores da estratégia saúde da família sobre a atuação das equipes de saúde bucal em Goiânia, em 2009: estudo qualitativo. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, v. 22, n. 3, p. 483-490, 2013.pt_BR
dc.identifier.issn1679-4974-
dc.identifier.issne- 2337-9622-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/18876-
dc.description.abstractObjective: to investigate the perception of Family Health Strategy (FHS) workers on the work performance of the oral health teams (OHT) in the city of Goiânia, Brazil. Methods: a qualitative study using focal group for data collection and thematic content data analysis was conducted. Participants were FHS health workers in Goiânia: 10 community health workers, 5 nursing auxiliaries, 4 nurses and 4 doctors. Results: for the participants, the work of the OHT was characterized by an emphasis on treatment, high amount of treatment needs, high demand, low coverage and low resolutivity, as a result of the high complexity of dental health care. The interpersonal relationship of the OHT was considered positive. Opinions regarding the impact of the actions on the population’s oral health were divergent. Conclusion: the team workers perceived the focus on treatment, the humanized nature of oral health care, and the limiting factors of this work.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSaúde da famíliapt_BR
dc.subjectPesquisa qualitativapt_BR
dc.subjectSaúde bucalpt_BR
dc.subjectAvaliação de serviços de saúdept_BR
dc.titlePercepção dos trabalhadores da estratégia saúde da família sobre a atuação das equipes de saúde bucal em Goiânia, em 2009: estudo qualitativopt_BR
dc.title.alternativeThe family health strategy workers’ perception of the oral health team performance in Goiânia-GO, Brazil, 2009: a qualitative studypt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoObjetivo: investigar a percepção dos integrantes das equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) sobre a atuação das equipes de saúde bucal (ESB) em Goiânia-GO. Métodos: o estudo foi do tipo qualitativo, utilizando a técnica de grupo focal para a coleta dos dados e de análise temática para o conteúdo dos dados. Participaram dez agentes comunitários de saúde, cinco auxiliares de enfermagem, quatro enfermeiras e quatro médicos, todos trabalhadores da ESF de Goiânia-GO. Resultados: na percepção dos participantes, a atuação das ESB caracterizou-se pela ênfase em ações curativas, grande volume de necessidades de tratamento, alta demanda, baixa cobertura e baixa resolutividade, resultantes da alta complexidade da atenção clínica. O relacionamento interpessoal das ESB surgiu como aspecto positivo das equipes. As opiniões foram divergentes sobre o impacto das ações na condição de saúde bucal da população. Conclusão: a amostra estudada percebeu o enfoque curativo, o caráter humanizado da assistência à saúde bucal e os fatores limitadores desta atuação.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.identifier.doi10.5123/S1679-49742013000300013-
dc.publisher.departmentFaculdade de Odontologia - FO (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Érika Fernandes Soares - 2013.pdf159,45 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons