Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4092
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Alzira Gabriela da-
dc.creatorFrança, Aldi Fernandes de Souza-
dc.creatorMiyagi, Eliane Sayuri-
dc.creatorDambros, Carlos Eduardo-
dc.creatorLopes, Fernando Brito-
dc.date.accessioned2014-08-23T02:08:11Z-
dc.date.available2014-08-23T02:08:11Z-
dc.date.issued2014-06-
dc.identifier.citationSILVA, Alzira Gabriela da; FRANÇA , Aldi Fernandes de Souza; MIYAGI, Eliane Sayuri; DAMBROS, Carlos Eduardo; LOPES, Fernando Brito. Eficiência da fertilização fosfatada e nitrogenada em cultivares de milheto. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 15, n. 2, p. 119-127, abr./jun. 2014. Disponível em: < http://www.revistas.ufg.br/index.php/vet/article/view/9010/16701>.pt_BR
dc.identifier.issn1809-6891-
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4092-
dc.descriptionv. 15, n. 2, p. 119-127, abr./jun. 2014.pt_BR
dc.description.abstractIn this study we aimed at evaluating the dry matter production (DMP), nitrogen content (NC) in plant tissues, above ground nitrogen conversion efficiency (ANCE) and above ground nitrogen recovery (ANR) by pearl millet cultivars submitted to different sources of phosphorus and nitrogen doses. The experiment was carried out in 2008 and a completely randomized block design was used in a 2 × 3 × 4 factorial arrangement with four replications. Treatments consisted of three pearl millet cultivars (ADR-7010; ADR-500 and BRS-1501), two sources of phosphorus (simple phosphate and thermo phosphate) at one dose (70 kg.ha-1) and four nitrogen (urea) doses (0; 40; 80 and 160 kg.ha-1). Statistical analysis revealed no significant interactions among variables. ADR-7010 presented (P<0.05) best dry matter production (1175.9 kg.ha-1) amongst cultivars; and simple phosphate showed better result than thermo phosphate. Increasing nitrogen doses led to increased production; harvest succession reduced DMP. There was difference (P<0.05) in NC. Linear NC increase was observed in function of N doses, with maximum value being 42.7 kg of extracted N. The ANCE and ANR decreased with nutrient input, maximum values being 10.7 kg.ha-1 and 33.4%, respectively, in the 40 kg.ha-1 dose. Nitrogen fertilization increased the pear millet cultivars dry matter production.pt_BR
dc.description.sponsorshipPrograma de Apoio à Publicações Periódicas Científicas (PROAPUPEC) da UFG;CNPq; CAPESpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherJosé Henrique Stringhinipt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectFósforopt_BR
dc.subjectPennisetum glaucumpt_BR
dc.subjectPotencial produtivopt_BR
dc.subjectProteína brutapt_BR
dc.subjectUréiapt_BR
dc.titleEficiência da fertilização fosfatada e nitrogenada em cultivares de milhetopt_BR
dc.title.alternativeEfficiency of nitrogen and phosphate fertilization on pearl millet cultivarspt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoObjetivou-se avaliar a produção de massa seca (PMS) da planta inteira, determinar o nitrogênio contido (NC) no tecido da planta, a eficiência de conversão aparente do nitrogênio (ECAN) e a recuperação aparente do nitrogênio (RAN) de cultivares de milheto forrageiro submetidos às fontes de fósforo e doses de nitrogênio. O experimento realizado no ano agrícola de 2008 constou de um fatorial 2 × 3 × 4, em arranjo de blocos completos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos pelos cultivares ADR- 7010; ADR-500 e BRS-1501, pelas fontes de fósforo superfosfato simples (SS) e termofosfato (TF), as quais foram aplicadas na dose de 70 kg.ha-1 e doses de N (0; 40; 80 e 160 kg.ha-¹ sob forma de uréia). A análise estatística revelou ausência de interações significativas entre as variáveis. Entre os cultivares avaliados, a melhor produção (P<0,05) foi a do cultivar ADR-7010 (1175,9 kg.ha-1 de MS), o superfosfato simples apresentou resultados superiores. O incremento de N promoveu aumentos produtivos, a sucessão dos cortes reduziu a produção de MS. Houve diferença (P<0,05) para NC, sendo que, à medida que as doses de N foram elevadas, houve acréscimo linear do NC com valor máximo de 42,7 kg de N extraído. A ECAN e RAN diminuiu em função do acréscimo do nutriente, com valores máximos de 10,7 kg.ha-1 e 33,4% na dose referente a 40 kg.ha-1 de N. A fertilização nitrogenada promoveu incrementos na produção de massa seca dos cultivares de milheto.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.identifier.doi10.1590/1809-6891v15i29010-
dc.publisher.departmentEscola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:EVZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Alzira Gabriela da Silva - 2014.pdf425,37 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.