Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4135
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Neto, Joãomar Carvalho de Brito-
dc.creatorSartorato, Eduardo e Silva-
dc.date.accessioned2014-10-14T12:32:40Z-
dc.date.available2014-10-14T12:32:40Z-
dc.date.issued2005-
dc.identifier.citationSARTORATO, Eduardo e Silva. Correspondência internacional, privilégio da grande mídia. 2005. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação)– Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2005.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4135-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectJornalismo internacionalpt_BR
dc.subjectJornais impressospt_BR
dc.titleCorrespondência internacional privilégio da grande mídiapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.description.resumoO jornalismo internacional deixou de ser prioridade nos jornais impressos. Isto porque o leitor perdeu o interesse pelos assuntos de outros países. As crises cambiais e financeiras, que passam os veículos de comunicação, acentuaram ainda mais esta crise dentro de um ramo tão prestigiado dentro do jornalismo. Neste contexto, os correspondentes internacionais são, hoje em dia, cada vez mais raro de se encontrar pelo mundo. Assim, existe a necessidade de se identificar o espaço do jornalista internacional. Se é lá no local do evento, ou aqui na redação do jornal, utilizando os materiais enviados pelas grandes agências. Através da pesquisa bibliográfica e de entrevistas, foi possível chegar ao entendimento de que o correspondente é insubstituível, mas também é exclusividade da grande mídia. Os pequenos e médios jornais não conseguem bancar profissionais fora do país. A principal característica que um jornalista in loco tem, que as agências de notícias não podem suprir, é a de conseguir contextualizar a notícia de outro país para a realidade brasileira. Só assim para que o leitor volte a ter interesse no jornalismo internacional.pt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Informação e Comunicação (RG)pt_BR
dc.publisher.courseJornalismo (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FIC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG - Jornalismo - Eduardo Sartorato.pdfTrabalho de Conclusão de Curso - Artigo Principal587,41 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons