Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4413
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisor1Garbelini, Maria de Fátima-
dc.creatorGuimarães, Milena Bruno Henrique-
dc.date.accessioned2014-11-13T18:15:12Z-
dc.date.available2014-11-13T18:15:12Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationGUIMARÃES, Milena Bruno Henrique. A biblioteca escolar e os documentos audiovisuais : investigação em escolas públicas e privadas de ensino fundamental em Goiânia. 2010. 139 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Informação e Comunicação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2010.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/4413-
dc.description.abstractResearch conducted in elementary schools in Goiania which identifies the existence of school libraries and their role within schools, the profile of the professionals that are responsible for this department and their relationship with the resources they manage, the vision of school administrators as to audiovisual documents as an educational tool and how they provide the documents and equipment required for their use. It notes teachers' interest in using these resources and the methodology they employ, how students receive such decisions of the administrative and pedagogic staff and what their anxieties about it are. The study was conducted through a literature review on definitions and functions, and visits to five per cent of schools, equally distributed among the network of state, municipal and private schools, guided by questionnaires for interviews. The analysis of information collected was quite flexible about the nomenclature used by the interviewees. Of the 23 schools visited, 21 claimed to have a library, but only 14 had people directly responsible for the space. Furthermore, the conditions of physical infrastructure, quality of collection and administration of the space called the library, are questionable. Some contradictions between the answers of those responsible for libraries and teachers show a deficient release of the collection and lack of partnership between the departments of the school. Despite the large number of teachers who said they had used or planned to use visual aids during the year, students were not satisfied. The latter expect more of the collection and space, even without showing a lot of knowledge about the potential of libraries.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Goiáspt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectBiblioteca escolarpt_BR
dc.subjectDocumento audiovisualpt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectSchool librarypt_BR
dc.subjectAudiovisual documentationpt_BR
dc.subjectEducationpt_BR
dc.titleA biblioteca escolar e os documentos audiovisuais: investigação em escolas públicas e privadas de ensino fundamental em Goiâniapt_BR
dc.typeMonografiapt_BR
dc.description.resumoPesquisa realizada nas escolas de ensino fundamental em Goiânia que identifica a existência de bibliotecas escolares e sua atuação dentro das escolas; o perfil do profissional que se responsabiliza por esse departamento e sua relação com os recursos que administra; a visão da direção da escola quanto ao documento audiovisual como instrumento pedagógico e como ela disponibiliza os documentos e equipamentos necessários para seu uso. Verifica o interesse dos professores em utilizar esses recursos e que metodologia empregam; como os alunos recebem essas decisões do corpo administrativo e pedagógico e quais os seus anseios quanto a isso. O estudo foi realizado através de levantamento bibliográfico quanto a definições e funções, e visitas a cinco por cento das escolas, proporcionalmente distribuídos entre as redes estadual, municipal e privada de ensino; e por entrevistas guiadas por questionários. A análise das informações coletadas foi bastante flexível quanto a nomenclatura utilizada pelos entrevistados. Das 23 escolas visitas, 21 alegaram ter biblioteca, mas apenas 14 têm um responsável direto pelo espaço. Além disso, as condições de estrutura física, qualidade do acervo e administração dos espaços físicos, denominados biblioteca, são questionáveis mediante padrões ideais. Algumas contradições entre as respostas dos responsáveis pelas bibliotecas e dos professores revelam uma deficiente divulgação do acervo e falta de parceria entre os departamentos da escola. Apesar do grande número de professores que afirmaram ter utilizado ou planejado utilizar recursos audiovisuais durante o corrente ano, os alunos não se mostraram satisfeitos. Esses últimos esperam mais do acervo e do espaço, mesmo sem demonstrar muito conhecimento quanto ao potencial das bibliotecas.pt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFGpt_BR
dc.contributor.referee1Garbelini, Maria de Fátima-
dc.contributor.referee1Araújo, Eliany Alvarenga de-
dc.publisher.departmentFaculdade de Informação e Comunicação (RG)pt_BR
dc.publisher.courseBiblioteconomia (RG)pt_BR
Aparece nas coleções:FIC - Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCG-BIBLIOTECONOMIA-MILENA GUIMARAES.PDF2,17 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.