Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1625
Tipo do documento: Dissertação
Título: A HUMANIZAÇÃO DO PARTO EM MATERNIDADES PÚBLICAS DE GOIÂNIA: DIREITOS REPRODUTIVOS E RELAÇÕES DE PODER
Título(s) alternativo(s): The "humanization" of birth in public hospitals in Goiânia: reproductive rights and power relations
Autor: SANTOS, Nara Moreira dos
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6843663908246230
Primeiro orientador: SILVA, Joana Aparecida Fernandes
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/2026902199057983
Resumo: O parto humanizado é um movimento reflexivo que almeja reorganizar a conduta de atendimento ao parto a fim de promover um maior respeito aos diretos reprodutivos das mulheres e uma diminuição da morbi-mortalidade materna e neonatal. O objetivo principal deste trabalho é analisar a implementação e aceitação dos sujeitos envolvidos no Programa de Humanização da Assistência ao Pré-Natal e Nascimento nas maternidades públicas de Goiânia; tem-se como preocupação teórica fundamental discutir em que medida esta reorganização promove uma transformação nas relações de poder estabelecidas principalmente entre médicos e usuárias no cotidiano das instituições. Para a realização do trabalho é utilizada uma combinação de metodologias qualitativas com o intuito de se apreender as especificidades do contexto analisado recorrendo-se ao uso tanto de entrevistas quanto de observações sistematizadas das relações cotidianas de trabalho e funcionamento das instituições. O trabalho é complementado ainda por uma análise quantitativa de indicadores de morbi-mortalidade materna e alguns procedimentos obstétricos pelo sistema de informações do datasus, além de informações levantadas nas próprias maternidades. As principais conclusões deste trabalho apontam tanto para uma transformação significativa em alguns aspectos, como uma maior valorização de aspectos extra-técnicos pelos profissionais, melhora na cobertura de atendimento pré-natal e alguns indicadores de saúde neonatal, quanto para a valorização e persistência de um modelo intervencionista entre os profissionais e mulheres, no qual o poder de decisão destas sobre os procedimentos realizados ainda é bem limitado
Abstract: The "humanized" childbirth is a reflexive movement for what it longs to reorganize the service conduct to the childbirth in order to promote a bigger respect to the straight reproductive ones of the women and a reduction of the motherly and childlike morbimortality. The principal objective of this work is to examine the implementation and acceptance of persons involved in the Program for the Humanization of the prenatal and birth in public hospitals in Goiânia; has as theoretical basic preoccupation to talk in which measure this reorganization promotes a transformation in the established relations of power principally between doctors and usufructuary in the daily life of the institutions. For the realization of the work a combination of qualitative methodologies is used with the intention of are apprehended the specificities of the analyzed context resorting to the use so much of you interview how much of systematized observations of the daily relations of work and functioning of the institutions. The work is still complemented by a quantitative analysis of indicators of motherly morbid-mortality and some obstetric proceedings by the system of informations of the Datasus, besides informations lifted in the maternity hospitals themselves. The principal conclusions of this work point so much to a significant transformation in some aspects, like a bigger increase in value of extra-technical aspects for the professionals, it improves in the covering of prenatal service and some indicators of health neonatal, how much for the increase in value and persistence of a model interventionist between the professionals and women, in which the power of decision of this on the proceedings carried out still is very limited
Palavras-chave: Relações de poder
Humanização no parto
Gênero
Saúde Materna
Power relations
Humanization in the childbirth
Gender
Maternal Health
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Mestrado em Sociologia
Citação: SANTOS, Nara Moreira dos. The "humanization" of birth in public hospitals in Goiânia: reproductive rights and power relations. 2009. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/1625
Data de defesa: 26-Ago-2009
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia (FCS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao nara sociologia.pdf2,1 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.