Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2039
Tipo do documento: Dissertação
Título: A VIOLÊNCIA FÍSICA INTRAFAMILIAR COMO MÉTODO EDUCATIVO PUNITIVO-DISCIPLINAR E OS SABERES DOCENTES
Título(s) alternativo(s): VIOLENCE AS A METHOD INTRAFAMILIAR PHYSICAL EDUCATION PUNITIVE STUDIES AND FACULTY KNOWLEDGE
Autor: Silva, Maria Aparecida Alves da
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/8591944549201074
Primeiro orientador: SOUZA, Ruth Catarina Cerqueira Ribeiro de
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/4438908621740299
Resumo: Este trabalho tem como linha de pesquisa a Formação e Profissionalização Docente. O objetivo da investigação é conhecer a quais saberes os professores e as professoras se reportam para compreender e lidar com as situações de violência física sofridas por seus alunos, oriundas do ambiente intrafamiliar. Para concretizar tal propósito, considerou-se importante identificar em que espaço formativo esses saberes docentes foram construídos. Para a compreensão do fenômeno da violência física contra a criança na educação familiar e escolar, utilizou-se como referencial teórico as pesquisas historiográficas desenvolvidas por estudiosos do tema. Algumas propostas educativas são destacadas na discussão por considerar que elas inauguram conceitos e métodos que contribuem para a superação do uso de práticas violentas na educação das crianças. A discussão feita sobre a formação de professores concentrou-se especificamente nos saberes docentes. Para a compreensão de como se constituem os saberes docentes, buscou-se o suporte das teorias que tratam dessa temática. A pesquisa empírica aconteceu em duas escolas da educação básica na cidade de Goiânia. Utilizou-se como instrumentos de coleta de dados o desenvolvimento de grupos focais, a aplicação de questionário e a realização de entrevistas semi-estruturadas. Por meio dos dados encontrados, percebe-se que os professores e as professoras pesquisadas reconhecem e sabem diagnosticar a violência física sofrida por seus alunos, mas apenas quando ela assume uma expressão severa, imoderada. Em relação ao encaminhamento dado aos casos de violência, duas tendências predominam: tentar resolver ou minimizar os efeitos ou as ocorrências da violência física sofrida por seus alunos se aproximando da família e oficializar a denúncia na Regional da Educação e no Conselho Tutelar quando a violência que atinge o aluno é do tipo sexual. De acordo com os depoimentos dos professores, a formação acadêmica não tem contribuído, teórica e praticamente, para que os professores compreendam e lidem na sala de aula com o fenômeno da violência física intrafamiliar sofrida por seus alunos. Para enfrentar essa situação na sala de aula, os professores recorrem aos saberes oriundos de sua história familiar e sócio-cultural.
Abstract: This work has the goal to search the Training and Professional Teacher. The objective of research is to know the knowledge that they relate to the teachers understand and cope with situations of physical violence inflicted by their students, from the environment intrafamily. To achieve this purpose, it is important to identify where these knowledges were built. To understand the phenomenon of physical violence against children in family education and school was used as the theoretical framework developed by the research scholars of historiography theme. Some educational proposals are highlighted in the discussion, considering that they launch concepts and methods which contribute to overcoming the use of violent practices in the education of children. The discussion made on the training of teachers has focused specifically on the teachers. To understand how it is the knowledge teachers, trying to support the theories that address the needs. The empirical research done into two schools of basic education in the city of Goiania. It was used as instruments to collect data for the development focus groups, the application of questionnaires and conducting semi-structured. Through the data found, we find that the teachers surveyed recognize and know diagnose the physical violence suffered by their students, but only when it took a severe expression, immoderate. Regarding the referral given to cases of violence, two trends dominate: trying to solve or minimize the effects or the occurrence of physical violence suffered by its students, seeking rapprochement of the family and official complaint in the Regional Education and the Guardianship Councils when the violence afflicting the student is kind of sexual. According to the testimonies of teachers, the academic training hasn t contribute ,theoretically and practically, so that teachers understand and deal in the classroom with the phenomenon of physical violence suffered by their students. To address this situation in the classroom, teachers use the knowledge from their family history and socio-cultural.
Palavras-chave: violência física
educação
crianças
saberes docentes
phisical violence
education
children
teacher knowledge
1. Educação - Saberes docentes. 2. Violência Física - Método educativo - Família.
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Humanas
Programa: Mestrado em Educação
Citação: SILVA, Maria Aparecida Alves da. VIOLENCE AS A METHOD INTRAFAMILIAR PHYSICAL EDUCATION PUNITIVE STUDIES AND FACULTY KNOWLEDGE. 2008. 225 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2039
Data de defesa: 19-Out-2008
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação (FE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Maria Aparecida A.pdf1,36 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.