Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2108
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da toxicidade oral aguda e atividade diurética de Celtis iguanaea (Jacq.) Sargent
Título(s) alternativo(s): Evaluation of acute oral toxicity and diuretic activity of Celtis iguanaea (Jacq.) Sargent
Autor: GONÇALVES, Nádyla Zanon
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/2698311892322778
Primeiro orientador: CUNHA, Luiz Carlos da
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/6349547031976679
Resumo: A Celtis iguanaea (Jacq.) Sargent é uma espécie comumente conhecida por esporão-de-galo, pertencente à família Ulmaceae e caracterizada como arbusto ou pequena árvore, com ramos compridos e muito flexíveis. É utilizada para o tratamento de infecções urinárias, rins (cálculos renais e pielonefrite) e como diurética. Relatos populares no estado de Goiás indicam o uso do esporão-de-galo na forma de chá de suas folhas. O Extrato aquoso de C. iguananea foi testado em ratos Wistar para avaliar a atividade diurética em dose única observando o efeito do mesmo sobre o volume urinário e produtos do metabolismo (ureia e creatinina) e avaliar a atividade diurética em dose múltipla observando o efeito sobre o volume urinário e na excreção urinária de eletrólitos sódio (Na+) e potássio (K+), e também em ratos Wistar e camundongos Swiss para testar sua toxicidade oral aguda seguindo o Guia 423 (OECD), em que os animais foram observados durante 14 dias após administração única de 2000mg/kg do extrato, incluindo neste teste o estudo histopatológico do coração, pulmão, rins, fígado, baço, pâncreas e instestinos delgado e grosso. O Extrato aquoso de esporão- de- galo nas suas três doses (70, 200 e 600 mg/kg) não apresentou atividade diurética em doses múltipla e única, pois não aumentou a excreção de água, metabólitos e nem dos eletrólitos. O extrato foi enquadrado na Classe 5 (substância com DL50 superior a 2000 mg/kg e menor que 5000 mg/kg), sendo considerado de baixa toxicidade, mas achados histopatológicos sugeriram nefrotoxicidade e cardiotoxicidade do extrato no teste de toxicidade oral aguda (2000mg/kg), com aumento de peso absoluto dos rins e do coração de ratos e camundongos machos tratados com o extrato e exame microscópico de rins de ratos machos apresentando acentuada presença de cilindros hialinos no glomérulo.
Abstract: Celtis iguanaea (Jacq.) Sargent is a species commonly known as cock-spur, in the Ulmaceae family and characterized as a shrub or small tree with branches long and very flexible. Is used for the treatment of urinary tract infections, kidney (kidney stones and pyelonephritis) and as a diuretic. Popular reports in the State of Goiás indicate the use of the spur cockscomb in the form of tea leaves. The aqueous extract of Celtis iguananea was tested in Wistar rats to assess single dose diuretic activity in observing the effect of same on urinary volume and products of metabolism (urea and creatinine) and assess the multiple-dose diuretic activity by observing the effect on the urinary volume and urinary excretion of electrolytes sodium (Na +) and potassium (K +), and also in Wistar rats and mice Swiss to test its acute oral toxicity following the Guide 423 (OECD), in which the animals were observed for 14 days after single administration of 2000mg/kg of extract, including this test the histopathological study of heart, lung, kidneys, liver, spleen, pancreas and intestines. The aqueous extract of cock-spur in their three doses (70, 200 and 600 mg/kg) did not submit multiple dose diuretic activity and only because it has not increased the excretion of water, electrolytes and metabolites of neither. The extract was framed in the class 5 (substance with Ld50 more than 2000 mg/kg and less than 5000 mg/kg), being considered of low toxicity, but histopathological findings cardiotoxicity and nephrotoxicity suggested does not extract any acute oral toxicity test (2000mg/kg), with an increase of absolut weight from the kidney and heart of male rats and mices treated with the extract and microscopic examination of kidney of male rats showing marked presence of cylinder hialinos no glomerulus.
Palavras-chave: Plantas medicinais
Celtis iguanaea
atividade diurética
Medicinal plants
Celtis iguanaea
diuretic activity
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::FARMACOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências da Saúde - Farmácia
Programa: Mestrado em Ciências Farmacêuticas
Citação: GONÇALVES, Nádyla Zanon. Evaluation of acute oral toxicity and diuretic activity of Celtis iguanaea (Jacq.) Sargent. 2011. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde - Farmácia) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2108
Data de defesa: 30-Ago-2011
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências Farmacêuticas (FF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Nadyla Z Goncalces.pdf1,9 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.