Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2415
Tipo do documento: Dissertação
Título: A cidade e a infância e Os da minha rua: representações da infância luandense em narrativas angolanas
Autor: CORTINES, Paula de Oliveira
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/6780301521916551
Primeiro orientador: RAMOS, Marilúcia Mendes
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/0736591553780542
Resumo: A literatura angolana consolidou-se sob o signo da resistência e da luta pela Independência de Angola. Suas profundas relações com a história do país, e o fato de que os escritores angolanos a utilizaram como instrumento de luta, propiciaram a recorrência de temas, entre os quais se destacam a infância e a cidade de Luanda. Em diversas obras da literatura de Angola esses temas coadunam-se, em uma intersecção espaço-temporal. Entre as obras que tratam da cidade e da infância, estão dois livros produzidos em um intervalo de pouco mais de cinquenta anos, A cidade e a infância (1957; 1960), de José Luandino Vieira, considerado o mais importante escritor de Angola, e Os da minha rua (2007), de Ondjaki, jovem escritor e sociólogo angolano. Em ambas as obras, personagens infantis percorrem o espaço da cidade, permitindo a visualização de dinâmicas sociais e das mudanças ocorridas na história e na sociedade angolanas. O objetivo desta dissertação é a análise e compreensão das representações da cidade de Luanda e da infância apresentadas nas duas obras e a forma como essas representações ilustram seus momentos de produção, como forma de perceber a evolução do sistema literário angolano. Pretende-se compreender as aproximações e distanciamentos entre essas representações e a forma como as mesmas ilustram seus momentos de produção.
Abstract: Angolan literature was consolidated under the banner of resistance and struggle for the Independence of Angola. Its deep relations with the country's history, and the fact that Angolan writers have used it as a tool of combat, favored the recurrence of themes, among which stand out the childhood and the city of Luanda. In many works of Angolan literature these themes are consistent, in an intersection of space and time. Among the works that deal with the city and childhood, there are two books produced in an interval of fifty years, A cidade e a infância (1957, 1960), by José Vieira Luandino, considered the most important writer of Angola, and Os da minha rua (2007), by Ondjaki, an young Angolan writer. In both works, children characters roam the city, allowing the visualization of social dynamics and changes in Angolan history and society. The objective of this work is the analysis and understanding of representations of Luanda and childhood presented in both works and how these representations illustrate their moments of production, as a way to understand the evolution of the Angolan literary system. The aim is to understand the similarities and differences between these representations and how they illustrate their moments of production.
Palavras-chave: literatura angolana
cidade
infância
Luandino
Ondjaki.
Angolan literature
city
childhood
Luandino
Ondjaki.
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURAS ESTRANGEIRAS MODERNAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Lingüística, Letras e Artes
Programa: Mestrado em Letras e Linguística
Citação: CORTINES, Paula de Oliveira. A cidade e a infância e Os da minha rua: representações da infância luandense em narrativas angolanas. 2012. 131 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística, Letras e Artes) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2415
Data de defesa: 3-Set-2012
Aparece nas coleções:Mestrado em Letras e Linguística (FL)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PAULA DE OLIVEIRA CORTINES.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.