Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/336
Tipo do documento: Tese
Título: As práticas da extensão rural no processo de modernização da agricultura: agricultores familiares goianos e a questão ambiental (1975-2008)
Título(s) alternativo(s): The practices of rural extension in the process of agriculture modernization: Goianos family producers and the enviroment issue (1975-2008)
Autor: SANTANA, Eloisa Pio de
Currículo Lattes do Autor: http://lattes.cnpq.br/3189384036205224
Primeiro orientador: ECHEVERRÍA, Agustina Rosa
Currículo Lattes do primeiro orientador: http://lattes.cnpq.br/5515276044247189
Primeiro coorientador: MIZIARA, Fausto
Currículo Lattes do primeiro coorientador: http://lattes.cnpq.br/3275079358565458
Resumo: A proposta central deste trabalho consiste em elucidar as práticas de transferência de tecnologia para os produtores familiares, empreendidas pelo sistema oficial de extensão rural entre os anos de 1975 e 2008. Para levar as tecnologias ao homem do campo, a extensão rural atuou em várias áreas proporcionando a inserção do agricultor nos pacotes tecnológicos da revolução verde, propulsora desse processo, baseado numa racionalidade econômica que apesar de proporcionar grandes avanços no crescimento da agricultura e pecuária, causou impactos negativos ao meio ambiente. Para conhecer o pensamento dos agricultores e técnicos sobre as práticas educativas inseridas no trabalho de extensão rural, foram visitados 57 municípios, correspondendo a uma amostra de aproximadamente 25% do total de municípios do estado de Goiás, onde foram realizadas 268 entrevistas, sendo 171 com agricultores familiares atendidos pela extensão rural e 97 com técnicos funcionários da extensão rural. A pesquisa abrangeu as seguintes regiões: Sudoeste, Sul, Estrada de Ferro, Vale do São Patrício, Rio das Antas, Planalto, Meia Ponte, Vale do Paranã, Vale do Araguaia, Serra da Mesa, Oeste, Rio Vermelho, Rio Paranaíba e Rio dos Bois. Vinculado a esse trabalho de campo, procedeu-se à análise documental, baseada nos dados do IBGE- Censo Agropecuário/2006, da Secretaria de Planejamento do estado de Goiás-SEPLAN/SEPIN e nos relatórios de atividades da EMATER-GO, no período de 1975-2008. Os estudos levam à conclusão, que o serviço de assistência técnica e extensão rural precisa ser repensado; mas que este não pode acabar, pois, segundo os técnicos e os agricultores familiares, o pequeno agricultor ainda precisa muito da extensão, posto que o grande e médio produtor têm condições de contratar os serviços particulares, enquanto o pequeno só tem a extensão . Os agricultores familiares enfatizam que a extensão rural é essencial para o desenvolvimento das atividades produtivas e preservação dos recursos naturais existentes nas suas propriedades. Conclui ainda, que, se a EMATER/AGENCIARURAL foi o órgão que intermediou a introdução das tecnologias no meio rural, cabe a ela também contribuir na construção de uma nova e necessária racionalidade no campo, que incorpore agricultores e técnicos na perspectiva de um desenvolvimento sustentável.
Abstract: The central proposal of this work is to elucidate the practice of transferring technology to family farmers carried by the official rural extension system between the years of 1975 and 2008. To take technologies to the rural man, the rural extension has served in several areas providing the insertion of the farmer in "technological packs" of the green revolution, propelling this process, based on an economic rationality, which, despite providing great advances in the growth of agriculture and livestock, it has caused negative impacts to the environment. To know the thoughts of farmers and technicians about the educational practices inserted in the work of rural extension 57 counties were visited, corresponding to a sample of approximately 25% of the total of all counties in the state of Goiás where 268 interviews were conducted with 171 family farmers served by the rural extension and 97 with technicians employees of the rural extension. The research covered the following regions: Southwest, South, Railway, Saint Patricio Vale, Antas River, Plateau, Meia Ponte, Paranã Vale, Araguaia Vale, Mesa Sierra, West, Red River, Paranaiba River and Bois River. Bound to this fieldwork, documental analysis were proceeded based on data from the IBGE Agriculture Census/ 2006, the Goiás State Secretary of Planning-SEPLAN/SEPIN and the reports of activities of EMATER-GO in the period of 1975-2008. Studies lead to the conclusion that the technical assistance service and rural extension needs to be rethought, but it can not finish because according to the technicians and farmers, the small farmer still needs a lot from the extension, since the large and average producer can afford to hire the private services, while the small one has only the extension. Family farmers emphasize that the rural extension is essential for the development of productive activities and the preservation of natural resources on their properties. It also concludes that if the EMATER /RURALAGENCY was the organ that intermediated the introduction of technologies in rural areas, it should also contribute to the construction of a new and necessary rationality in the countryside, that incorporates farmers and technicians to the perspective of sustainable development.
Palavras-chave: Agricultura Familiar
Extensão Rural
Desenvolvimento Sustentável
Educação Ambiental
Family Farming
Rural Extension
Sustainable Development
Environmental Education
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal de Goiás
Sigla da instituição: UFG
Departamento: Ciências Agrárias
Programa: Doutorado em Ciencias Ambientais
Citação: SANTANA, Eloisa Pio de. The practices of rural extension in the process of agriculture modernization: Goianos family producers and the enviroment issue (1975-2008). 2011. 278 f. Tese (Doutorado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/336
Data de defesa: 18-Mar-2011
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciências Ambientais (PRPG)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Eloisa Pio de Santana UFG- 2011.pdf1,74 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.